Após vitória no clássico, presidente da Inter compara técnico a Mourinho

Massimo Moratti destaca inteligência e dedicação no trabalho como pontos em comum entre Andrea Stramaccioni e o treinador português

Gazeta |

Getty Images
Andrea Stramaccioni, técnico da Inter de Milão

O presidente da Inter de Milão , Massimo Moratti, não escondeu a euforia após a vitória por 1 a 0 sobre o Milan , no clássico entre os rivais da cidade. Moratti fez elogios ao atual técnico Andrea Stramaccioni, que tem agradado à cúpula do clube, sendo até comparado com o português José Mourinho, atual comandante do Real Madrid, mas que teve passagem de sucesso pelo clube há dois anos.

"Escolhi o Stramaccioni por suas habilidades técnicas, mas também pela inteligência que ele tem. Na minha opinião, o que mais o aproxima do Mourinho é sua dedicação no trabalho. Assim como Mou, Stramaccioni é um grande treinador", elogiou Moratti, à Sky Sports Italia.

O técnico da Inter de Milão se parece com José Mourinho? Comente

O comandante assumiu a equipe italiana no decorrer da última temporada, após campanha fraca comandada por Claudio Ranieri. O desempenho do jovem treinador, de 36 anos, agradou e seu contrato foi renovado por três anos. Antes à frente das categorias de base do clube, o italiano pode ser o primeiro a se estabelecer no cargo desde a saída de Mourinho.

Técnico da Inter entre 2008 e 2010, o português conquistou pelo clube: dois Campeonatos Italianos, uma Copa da Itália, uma Supercopa da Itália e uma Liga dos Campeões da Europa. Desde então, Rafa Benítez, o brasileiro Leonardo, Gian Piero Gasperini e Claudio Ranieri tiveram rápidas passagens pelo cargo e não deixaram saudades.

Leia mais sobre futebol italiano no blog Tripletta

Depois de um desempenho fraco na última temporada, a Inter de Milão é a quarta colocada do Italiano, com 15 pontos ganhos - quatro de desvantagem para os líderes Juventus e Napoli e empatada com a Lazio. Sem grandes reforços para esta temporada, Moratti considera ser possível sua equipe se destacar no Calcio .

"Para esta temporada, nosso objetivo era não fazer loucuras no mercado de transferências. Acho que podemos fazer uma boa campanha", disse o dirigente, ressaltando a atuação no dérbi. "A defesa foi muito bem e o crédito vai ao técnico por ter tomado as decisões corretas. Nunca perdi a confiança, mesmo quando ficamos com um a menos", completou.

Para receber as notícias de Esportes envie igesportes para 49810 . 10 dias sem custos * * Após este período, custo de R$ 0,31 + imp. por mensagem recebida.
Leia tudo sobre: Futebol MundialItáliaInternazionaleMilan

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG