Tamanho do texto

Atacante marcou três vezes na vitória por 5 a 1 de virada do time paulista, que foi a 36 pontos no Brasileirão, nove a mais que rival pernambucano

A Portuguesa começou o jogo contra o Sport dando mostras que poderia vencer a qualquer momento, levou um susto, mas contou com noite inspirada de seu camisa 9 para sair com a vitória por 5 a 1. Bruno Mineiro marcou três gols no Canindé e ultrapassou Fred na ponta da artilharia do Campeonato Brasileiro.

O que achou da goleada da Lusa sobre o Sport? Deixe sua opinião

Melhor durante todo o primeiro tempo, a Lusa foi surpreendida por gol de cabeça de Hugo, mas, contando com Moisés e Ananias afinados nas assistências, Bruno Mineiro variou o repertório e chegou a 14 gols no Brasileirão. No primeiro, bateu cruzado de direita. No segundo, mostrou oportunismo. E no último, chute rasante de esquerda.

No final, ainda houve tempo para Moisés aproveitar vacilo da zaga, deixar os adversários no chão e marcar um golaço. Nos acréscimos, Rodriguinho recebeu passe de Luís Ricardo e bateu de primeira para definir o placar. Com a goleada, o time paulista chega aos 36 pontos, nove a mais do que a equipe pernambucana.

Na 29ª da competição nacional, a Portuguesa viaja para o interior de Minas Gerais, em Varginha, onde encara o Cruzeiro. O jogo, no estádio do Melão, acontece às 19h30 (de Brasília) da próxima quarta-feira. No dia seguinte, e às 21 horas, o Sport recebe o terceiro colocado Grêmio na Ilha do Retiro.

Com os três gols marcados, Bruno Mineiro assumiu a artilharia do Brasileiro
Gazeta Press
Com os três gols marcados, Bruno Mineiro assumiu a artilharia do Brasileiro


O jogo
Os primeiros minutos da Portuguesa foram alucinantes e deram à torcida uma boa lembrança da célebre ‘Barcelusa’ da temporada passada. Moisés cruzou com veneno, o zagueiro improvisado na esquerda Rogério cabeceou e Magrão mandou para escanteio. A bola ainda explodiu na trave antes de sair.

Na sequência, novo levantamento de Moisés para Rogério e Edcarlos apareceu de maneira providencial para afastar. Após confusão na área, a bola sobrou limpa para Léo Silva soltar o pé e balançar o travessão pernambucano. O Sport reagiu também pelo alto, com Cicinho mandando na área e Hugo, sozinho, perdendo chance clara de gol.

Famoso pelas boas cabeçadas, o meia ex-São Paulo não deixou barato e, em novo cruzamento de Cicinho, apareceu entre os zagueiros para vencer Dida e abrir o placar. Em jogada parecida, Moacir mandou direto nas mãos do goleiro lusitano e acabou despertando o time da casa.

Jogando desde o início pela esquerda, Ananias resolveu mudar de lado e decidiu para a Lusa. Após jogada individual, o veloz atacante cruzou para Bruno Mineiro se antecipar à defesa rubro-negra e bater com muito estilo para empatar.

O goleador estava inspirado e contou com a sorte para virar o placar logo no primeiro lance da segunda etapa. Moisés ergueu mais uma na área, Gustavou desviou, a bola bateu em Rogério e encobriu Magrão e ficou viva na pequena área. Bruno Mineiro dividiu com o goleiro e marcou o 13º gol no Brasileirão, igualando a marca de Fred.

Sem criatividade, o Sport pouco incomodou e ainda viu mais uma cabeçada de Bruno Mineiro passar com muito perigo à direita de Magrão. O goleiro voltou a se atrapalhar e, se não fosse o travessão, teria cometido uma falha grotesca após cruzamento fechado de Boquita.

A resposta pernambucana saiu em chute rasteiro de Gilsinho, que passou raspando a trave esquerda de Dida. Mas a noite era mesmo de Bruno Mineiro. Após confusão na área, Bruno Mineiro recebeu passe perfeito nas costas da zaga e fuzilou Magrão com o pé esquerdo para se isolar na artilharia do Brasileirão.

Entregue no gramado do Canindé, o Sport errou na saída de bola e Moisés apareceu na área para deixar três adversários no chão e marcar um golaço. Ao som do "olé" dos torcedores, o show da Lusa continuou. Luís Ricardo foi à linha de fundo e serviu com açúcar para Rodriguinho soltar a bomba e definir a goleada por 5 a 1.

FICHA TÉCNICA - PORTUGUESA 5 x 1 SPORT

Local: estádio do Canindé, em São Paulo (SP)
Data: 04 de outubro de 2012, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (MG)
Assistentes: Dilbert Pedrosa Moisés (RJ) e Celso Luiz da Silva (CE)
Cartões amarelos: Ananias, Léo Silva e Luís Ricardo (Portuguesa); Diego Ivo, Rithely, Cicinho e Tobi (Sport)
Gols:  PORTUGUESA: Bruno Mineiro, aos 24 minutos do primeiro tempo; aos dois e aos 21 minutos do segundo tempo; Moisés, aos 36, e Rodriguinho, aos 45 minutos do segundo tempo. SPORT: Hugo, aos 16 minutos do primeiro tempo

PORTUGUESA: Dida; Luis Ricardo, Gustavo, Valdomiro e Rogério: Léo Silva, Boquita, Michael e Moisés; Ananias (Diguinho) e Bruno Mineiro (Rodriguinho)
Técnico: Geninho

SPORT : Magrão; Cicinho, Edcarlos (Renan), Diego Ivo e Renê; Tobi, Moacir, Rithelly e Hugo (Roberson); Gilsinho e Felipe Azevedo (Gilberto)
Técnico: Waldemar Lemos