Meia iniciou sua trajetória no clube carioca em 2009, quando foi contratado para liderar o time na Série B ao acesso à elite

Carlos Alberto fará 100ª partida pelo Vasco
Gazeta Press
Carlos Alberto fará 100ª partida pelo Vasco

No Vasco há quase quatro anos, o meia Carlos Alberto está prestes a completar importante marca com a camisa do clube. Neste sábado, quando enfrentar o Atlético-GO, defenderá o time carioca pela 100ª vez.

"Tenho uma história muito bonita aqui dentro do clube, mas quero buscar ainda mais. Estou muito feliz de chegar a essa marca e vou fazer tudo para conquistar mais títulos com a camisa vascaína", comemora o camisa 10, que marcou 20 gols em sua passagem pelo Vasco e jamais chegou à marca centenária por um outro clube.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Contratado como a principal estrela do elenco responsável por trazer o Vasco de volta à primeira divisão, em 2009, Carlos Alberto correspondeu às expectativas e foi o maestro da campanha que garantiu o título da Série B daquele ano.

Após ter seu contrato rescindido junto ao Werder Bremen, em junho de 2010, o meia assinou contrato com o Vasco e manteve o bom futebol apresentado na Série B na disputa da primeira divisão daquele ano, apesar de conviver com lesões e não ter a titularidade garantida na equipe.

Em 2011, porém, Carlos Alberto envolveu-se em conflito com o presidente Roberto Dinamite. A polêmica, combinada com o desempenho ruim do camisa 10 no Campeonato Carioca, culminou com seu empréstimo para Grêmio e Bahia no decorrer do ano.

E mais:  Tenorio tem lesão na coxa confirmada e vira desfalque no Vasco

Nesta temporada, no entanto, o meia foi reintegrado ao elenco do Vasco e passou a ser importante peça da equipe, atuando como titular em diversas oportunidades e voltando a marcar um gol após mais de um ano.

Dentre todos os momentos de sua conturbada passagem pelo clube carioca, Carlos Alberto é categórico em relembrar o seu jogo mais marcante com a camisa cruz-maltina.

"Tive muitos jogos marcantes aqui no clube, mas aquela partida contra o Juventude, com um maracanã lotado, que garantiu a volta do Vasco à elite foi inesquecível. Nunca vou esquecer do momento que fiz o gol naquele jogo e a comemoração no final com mais de 80 mil pessoas presentes", relata.

Apesar da importante marca, Carlos Alberto não é o jogador com o maior número de partidas no atual elenco vascaíno. Felipe (362 jogos), Juninho Pernambucano (358), Fernando Prass (237), Dedé (137) e Éder Luis (117) são alguns dos atletas que atuaram mais vezes com a camisa do clube.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.