Gilson Kleina conquistou seu terceiro triunfo seguido e segue com a moral em alta no Palmeiras

Com passagens por equipes médias do futebol nacional antes de chegar ao Palmeiras , há cerca de duas semanas, o técnico Gilson Kleina nunca havia comandado um time em uma partida internacional. Sua estreia foi na terça-feira, e bastante positiva: a equipe alviverde venceu o Millonarios, da Colômbia, por 3 a 1 e ficou a um empate de se classificar às quartas de final da Copa Sul-Americana. Apesar da felicidade pelo debute em uma competição continental, Kleina também lamentou o gol sofrido no Pacaembu.

O Palmeiras vai avançar às quarta da Copa Sul-Americana? Palpite!

"O placar ideal é você não tomar gol em casa. Mas, numa análise geral, o jogo foi bom. Fizemos várias trocas (de titulares), utilizamos jogadores que voltavam de lesão e não pudemos jogar naquela intensidade pretendida. Soubemos cadenciar o jogo e trabalhar a bola contra um time que jogou muito fechado. E mesmo fazendo dois gols, posicionamos bem a equipe para o adversário não crescer. Por mais que tenhamos levado o gol, temos uma vantagem importante. Qualquer gol lá (em Bogotá) amplia muito nossa vantagem", afirmou o técnico.

VEJA:  Palmeiras bate Millonarios e joga por empate para avançar na Sul-Americana

A felicidade do técnico pela vitória era ainda maior por um outro fator: o Palmeiras atuou sem alguns de seus principais jogadores. "Temos que enaltecer o elenco. Jogamos sem (Marcos) Assunção, Barcos, Valdivia na maior parte do jogo, e ganhamos mesmo assim. E foi legal debutar em competição internacional com vitória, ainda mais com essa responsabilidade sobre as trocas de jogadores. Iniciamos mais um torneio com o pé direito pelo Palmeiras, e espero buscar as grandes conquistas. É um início. Para ser grande, tem que ser pequeno, tornar-se médio e ter ambição de ser grande. Mas mantenho sempre meus pés no chão", declarou Kleina.

MAIS:  Padrinho de casamento, Gilson Kleina já dá boas-vindas a Alex no Palmeiras

A partida de volta entre Palmeiras e Millonarios será no dia 23 de outubro, também uma terça, em Bogotá, capital da Colômbia. Antes do jogo, os dois times tem vários compromissos por seus campeonatos nacionais. A equipe alviverde, que luta contra o rebaixamento no Brasileirão, pega São Paulo, Coritiba, Náutico, Bahia e Cruzeiro, enquanto o time azul, que lidera do Campeonato Colombiano, enfrenta Cucuta, Independiente Medellín, Tolima e Quindio. O time estrangeiro joga por uma vitória de ao menos 2 a 0 para avançar. O Palmeiras, por sua vez, precisa apenas de um empate para ir às quartas - pode até perder por 1 a 0 que passa mesmo assim.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.