Tamanho do texto

Atacante não defenderá a equipe no próximo jogo do Campeonato Brasileiro porque foi expulso contra o Grêmio

Bruno Rodrigo, zagueiro do Santos
Gazeta Press
Bruno Rodrigo, zagueiro do Santos

Expulso contra o Grêmio, no último domingo, o atacante Neymar volta a desfalcar o Santos no Campeonato Brasileiro . Para que o time dê sinais de força sem seu principal jogador, o zagueiro Bruno Rodrigo pede superação aos seus companheiros diante do Internacional, sábado, na Vila Belmiro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"É difícil, mas não tem outro jeito", disse o zagueiro. "Nós mesmos que estaremos à disposição e temos que dar conta do recado, mostrar porque estamos no Santos. A equipe sente, mas precisa suprir essa necessidade. Mostramos contra o Grêmio que temos condições para isso. Vamos sentir a ausência (do Neymar), mas sei que podemos vencer o Inter", completou.

Além do duelo com o Internacional, o Santos não poderá contar com o futebol de Neymar contra Botafogo (dia 11), Vasco (dia 14) e Atlético-MG (dia 17). Com isso, a missão de encaixar uma série positiva, na busca pela classificação para a próxima Copa Libertadores da América, fica cada vez mais difícil. O Santos está 13 pontos atrás do Vasco, último integrante do G-4, e a apenas sete da zona de rebaixamento.

E mais: Muricy elogia Alex, revela interesse e “abre as portas” para o meia

Além de afastar o Santos das últimas colocações, Bruno Rodrigo acredita que as rodadas finais do Brasileirão servem para dar ao técnico Muricy Ramalho a ideia de quem pode permanecer ou não no elenco santista para a próxima temporada.

"Ficou muito difícil a classificação para a Libertadores. Temos que admitir isso, porque a distância é muito grande e faltam poucas rodadas. Mas não vamos desistir. A gente tem a nossa honra também. Nós queremos ganhar os jogos para fazer o melhor pelo clube e, também, porque essas partidas podem decidir o futuro de muitos que estão aqui. Ficar no Santos em 2013 pode depender do que vamos fazer agora", concluiu.

*com Gazeta