Palmeiras bate Millonarios e joga por empate para avançar na Sul-Americana

Time paulista vence colombianos por 3 a 1 no Pacaembu e agora decide vaga nas quartas de final em Bogotá

Francisco De Laurentiis - iG São Paulo | - Atualizada às

Desde que chegou ao Palmeiras , o técnico Gilson Kleina comandou o clube em duas partidas do Campeonato Brasileiro . Venceu as duas e deixou o time próximo de escapar da zona do rebaixamento. Nesta terça-feira, foi a vez de enfrentar sua primeira partida internacional como treinador. E ele se deu bem: o time alviverde venceu o Millonarios, da Colômbia, por 3 a 1 e abriu boa vantagem para a partida de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana. Agora, a equipe palestrina depende apenas de um empate para avançar, mas pode perder até por 1 a 0 para ficar com a vaga nas quartas. Os colombianos, por sua vez, precisarão triunfar por pelo menos 2 a 0.

O Palmeiras já está classificado? Ou o Millonarios pode reverter na Colômbia? Palpite!

Gazeta Press
Tiago Real comemora seu gol com Obina

O primeiro tempo palmeirense foi de domínio total, mas de poucas chances de gol claras. Em uma delas, porém, Obina aproveitou ótimo lançamento de Daniel Carvalho e abriu o placar. Na etapa complementar, Tiago Real marcou logo na volta dos vestiários e deixou os alviverdes tranquilos no jogo. Tão tranquilos que acabaram levando um gol do fraco time colombiano: Artur fez contra, após jogada de Cosme. Menos mal que Luan, aproveitando falha da zaga estrangeira, driblou o goleiro e fechou a contagem para os anfitriões.

VEJA:  Técnico do Palmeiras exalta 1ª vitória internacional, mas lamenta gol sofrido

A partida de volta entre Palmeiras e Millonarios será no dia 23 de outubro, também uma terça-feira, em Bogotá, capital da Colômbia. Antes do jogo, os dois times tem vários compromissos por seus campeonatos nacionais. A equipe alviverde, que luta contra o rebaixamento no Brasileirão, pega São Paulo, Coritiba, Náutico, Bahia e Cruzeiro, enquanto o time azul, que lidera do Campeonato Colombiano, enfrenta Cucuta, Independiente Medellín, Tolima e Quindio.

O jogo
Mesmo com um time misto, o Palmeiras começou dominando o Millonarios e por pouco não abriu o placar em boa jogada individual de Márcio Araújo, aos 2min. Pouco depois, após cobrança de falta, Daniel Carvalho aproveitou rebote e mandou tirando tinta da trave - a torcida chegou até a gritar gol depois que a bola balançou a rede pelo lado de fora. O domínio alviverde era total, e o gol ficava cada vez mais maduro. Saiu aos 12min: depois de lindo lançamento de Daniel Carvalho, Obina saiu na cara do goleiro Delgado e tocou com tranquilidade para abrir o placar.

Fraco tecnicamente, o time colombiano pouco incomodava o time alviverde, que mandava e controlava a partida no Pacaembu, sem muitas ameaças à meta adversária, porém. Nova boa chance só voltou a sair aos 29min, após boa série de tabelas no meio-campo: Daniel Carvalho recebeu na meia-lua e soltou a bomba, mas a bola saiu por cima do gol. MInutos depois, o meia levantou bola na área e o goleiro Delgado teve que sair de maneira arrojada para afastar o cruzamento perigoso. Perto do fim do 1° tempo, Luan arriscou de muito longe e ia fazendo um golaço, mas o arqueiro espalmou bem para mandar o jogo com 1 a 0 para o intervalo.

VEJA:  Padrinho de casamento, Gilson Kleina faz campanha por Alex no Palmeiras

Para tentar pressionar o Millonarios e conseguir ampliar a vantagem no jogo de ida, o Palmeiras voltou com o meia Tiago Real no lugar do volante Márcio Araújo. A primeira boa chance palestrina, porém, saiu na bola parada: aos 5min, Corrêa cruzou na área e a bola por pouco não entrou direto no gol de Delgado. Mas Tiago Real entrou com vontade, e não levou nem 10 minutos para deixar sua marca: aos 8, Luan cruzou rasteiro da esquerda, Daniel Carvalho fez o corta-luz e Tiago mandou com categoria para o gol. Endiabrado, o meia ainda voltou a aparecer aos 23min, quando cruzou para Obina cabecear com muito perigo.

MAIS:  Palmeiras tenta mudar árbitro de clássico, mas técnico diz não ter problemas

AP
Daniel Carvalho fez boa partida pelo Palmeiras

Na metade do 2° tempo, o Palmeiras se distraiu e quase levou gol em quatro oportunidades. Bruno salvou três com defesas espetaculares, enquanto Maurício Ramos chegou travando o atacante Cosme em cima da hora na pequena área para afastar a outra. Depois dos sustos, o time alviverde se reencontrou e por pouco não fez o terceiro em linda jogada pela esquerda: Luan cruzou rasteiro, Juninho dominou, driblou o marcador e bateu firme, mas Delgado defendeu com as pernas. Parecia tudo tranquilo para o time da casa, que seguia controlando o jogo.

Uma bobeada, porém, quase deixou gosto amargo para o torcedor: aos 39min, Cosme invadiu a área pela esqueda e tentou cruzar. O lateral Artur chegou tentando cortar, mas mandou contra a própria meta. Menos mal que, pouco depois, Luan aproveitou bobeada da zaga, driblou o goleiro e fechou a conta em 3 a 1 no Pacaembu. Com isso, o time colombiano joga por uma vitória de ao menos 2 a 0 para avançar em Bogotá. O Palmeiras, por sua vez, precisa apenas de um empate para ir às quartas - pode até perder por 1 a 0 que avança.

FICHA TÉCNICA - Palmeiras 3 x 1 Millonarios-COL
Copa Sul-Americana 2012 - Oitavas de final
Local : estádio do Pacaembu, em São Paulo-SP
Data : 2 de outubro de 2012, terça-feira
Horário : 21h45 (horário de Brasília)
Público : 6.152 pagantes / 6.549 presentes
Renda : R$ 187.065,00
Árbitro : Patricio Loustau (ARG)
Assistentes : Gustavo Russo e Ivan Nuñez (ambos ARG)
Cartões amarelos : Román (PAL); Torres, Ramírez e Cosme (MIL)

GOLS
PALMEIRAS: Obina, aos 12 minutos do primeiro tempo; Tiago Real, aos 8, e Luan, aos 42 minutos do segundo tempo
MILLONARIOS: Artur (contra), aos 39 minutos do segundo tempo 

PALMEIRAS : Bruno; Artur, Maurício Ramos, Román e Juninho; Henrique, Márcio Araújo (Tiago Real), Corrêa e Daniel Carvalho (Valdivia); Maikon Leite (Luan) e Obina  Técnico : Gilson Kleina

MILLONARIOS : Delgado; Ochoa, Torres, Franco e Martínez; Ramírez, Robayo (Otálvaro), Ortiz (Vásquez) e Candelo; Tancredi (Aguiño) e Cosme Técnico : Hernán Torres

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG