Padrinho de casamento, Gilson Kleina faz campanha por Alex no Palmeiras

Técnico do time palestrino conhece jogador desde os 13 anos e participou da formação do meia no Coritiba

Francisco De Laurentiis - iG São Paulo | - Atualizada às

Francisco De Laurentiis
Kleina: padrinho de casamento do meia Alex

Desde que o meia Alex anunciou sua saída do Fenerbahçe , da Turquia, grande parte dos torcedores do palmeirenses já sonha em ver o meia vestindo novamente a camisa alviverde. E se o jogador já tem identificação com o clube, ganhou mais um bom motivo para voltar ao Palestra Itália. Gilson Kleina, seu padrinho de casamento e conhecido de longa data desde os tempos de Coritiba , é o técnico do Palmeiras .

E você, gostaria de ver Alex novamente no Palmeiras? Deixe seu comentário!

"Conheço o Alex desde os 13 anos e participei de sua formação. A origem dele é muito humilde, mas a família dele é especial. Quando ele casou, tinha muita confiança e era muito próximo a mim. Ele se casou muito cedo, mas a esposa dele hoje é uma mãe maravilhosa. Foi um garoto que subiu muito cedo para o profissional, aos 16 anos, e foi logo pro Palmeiras. Tenho muito orgulho de ser o padrinho de casamento dele, ao lado da minha esposa. Ele é uma pessoa especial e um grande amigo. Não é à toa que tem uma estatua dele no Fenerbahçe", disse Kleina, após a vitória do Palmeiras sobre o Millonarios , da Colômbia, nesta terça, pelas oitavas de final da Copa Sul-Americana.

VEJA:  Palmeiras bate Millonarios e joga por empate para avançar na Sul-Americana

Getty Images
Alex deu adeus ao Fenerbahçe na segunda-feira

Apesar da amizade com o meia, Kleina diz que, por enquanto, não há nenhuma negociação especial para trazer Alex de volta ao time alviverde: "Não chegou nada, por enquanto, só especulações. Mas tenho certeza que o Palmeiras tem interesse num jogador desse quilate. O torcedor conhece o Alex, sabe das conquistas que ele teve aqui, e pode ter certeza que o (gerente de futebol César) Sampaio está monitorando a situação dele. Se o Alex vier, vai engrandecer muito esse elenco", afirmou o treinador palestrino.

MAIS:  Alex revela que recebeu ultimato do presidente antes de deixar o Fener

Após oito anos no Fenerbahçe, da Turquia, Alex rescindiu seu contrato de forma surpreentente na última segunda, após ser afastado sem explicações pelo técnico Aykut Kocaman. O jogador não teve apoio do presidente Aziz Yildirim, que lhe deu um ultimato : ou treinar afastado do elenco, ou ir embora. O jogador, então, resolver finalizar seu contrato, que terminaria só em 2013. O fato revoltou os torcedores do Fener, que têm Alex como um dos grandes ídolos do clube. Na madrugada de terça-feira, eles chegaram a fazer vigília em frente à casa do meio-campista , cantando canções de amor ao atleta (veja fotos na galeria abaixo).

LEIA:  Fãs do Fenerbahce passam a noite na frente da casa de Alex e causam tumulto

No Brasil, Alex tem identificação com Coritiba, Cruzeiro e Palmeiras, equipes pelas quais passou com sucesso. A concorrência pelo meia, porém, deve ser grande. Na terça-feira, por exemplo, o técnico do Santos, Muricy Ramalho, já declarou ter interesse no armador . A saída de Paulo Henrique Ganso para o São Paulo, que acabou deixando quase R$ 24 milhões nos cofres do time praiano, devem ajudar a equipe da Baixada a fazer uma proposta sedutora.

Leia tudo sobre: PalmeirasAlexMercado da bolaGilson Kleina

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG