'Zagueiro-artilheiro', Bruno Rodrigo conta com boa fase para renovar contrato

Com contrato vencendo no fim da temporada, zagueiro do Santos marcou gol contra a La U, na Recopa e contra o Grêmio no Brasileiro

Gazeta |

Gazeta Press
Bruno Rodrigo comemora segundo gol do Santos diante da La U

Após balançar as redes na vitória sobre a Universidad do Chile, que valeu o título da Recopa Sul-americana, e no empate com o Grêmio, pelo Campeonato Brasileiro, o zagueiro Bruno Rodrigo vive uma fase diferente na sua carreira. Com os gols marcados, o defensor do Santos acredita que o seu trabalho pode ser reconhecido pela diretoria do clube, principalmente pelo fato de seu contrato se encerrar no final deste ano. A intenção do atleta é permanecer na Vila Belmiro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Eu tenho vontade de ficar, é lógico. O meu contrato vence no fim desta temporada e eu ainda não fui procurado (para discutir a renovação). Venho fazendo a minha parte dentro de campo e deixo para o meu empresário ver isso", disse Bruno Rodrigo, que chegou ao clube praiano em janeiro de 2010.

Aliás, o primeiro ano no time santista foi o mais complicado para o jogador. Em 2010, Bruno Rodrigo pouco jogou pela equipe alvinegra, devido a lesões na cervical e, posteriormente, na região lombar - essa última lhe fez recorrer a uma cirurgia para resolver o problema.

"Passei por um momento bem complicado em 2010, foram duas lesões chatas, que me deixaram bastante tempo afastado. Mas, graças a Deus, com o apoio da família, dos amigos e de todo o pessoal do Santos, pude ter força para naquele momento não desistir e continuar trabalhando", comentou.

Substituto do capitão Edu Dracena, que se recupera de uma operação no joelho esquerdo, Bruno Rodrigo está contente com o novo momento que vive, como titular, e espera manter o rendimento nas próximas partidas, para seguir conquistando a confiança do técnico Muricy Ramalho.

"Desde o momento em que eu voltei, sempre procurei trabalhar, respeitando a todos e me dedicando ao máximo. A minha chance não de uma forma legal, como eu queria, pois o Edu se machucou. Só que no futebol a gente está sujeito a isso. Em 2010, eu também me machuquei e fiquei muito tempo fora, como vocês sabem. Em 2011, eu também não joguei muito. Agora estou tendo mais oportunidades e quero ampliar esse bom momento. Espero estar agradando ao Muricy e, para isso, vou continuar com o meu trabalho. Quero fazer mais gols", encerrou.

Leia tudo sobre: santosbruno rodrigorenovaçãobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG