Para motivar elenco, Tite estimula "briga" por titularidade no Mundial

"Eu não concebo titularidade, valorizo a competição entre os atletas. Não sei quem é titular, vamos ver em campo" disse o treinado do Corinthians

Gazeta |

Gazeta Press
A suspensão de Sheik acabou dando espaço para Guerrero

A suspensão de Emerson Sheik deu espaço a Guerrero entre os titulares. Paulo André faz o possível para não dar espaço para a estreia de Anderson Polga. Guilherme tenta mostrar potencial nas oportunidades que tem de substituir Ralf e Paulinho. Por meio de cobranças e concorrência interna, o técnico Tite tenta motivar o Corinthians antes da disputa do Mundial de Clubes da Fifa, em dezembro.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

No Campeonato Brasileiro, o time paulista vem de cinco partidas sem derrota e conta com aproveitamento de time do G-4 após a conquista do título da Libertadores, que atrapalhou a sequência nas primeiras rodadas e praticamente impediu o bicampeonato nacional."No Corinthians todos marcam e todos jogam, inclusive os defensores", disse o técnico Tite, dando a dica daquilo que deseja ver no time para a sequência da temporada "Eu não concebo titularidade, valorizo a competição entre os atletas. Queria colocar todos para jogar, mas digo: sejam leais e disputem a posição. Não sei quem é titular, vamos ver em campo", encerrou o comandante, abrindo espaço para os reservas da equipe.

Leia mais: Bayern é melhor time do mês na IFFHS; Corinthians lidera entre brasileiros

‘Incendiado’ por Tite, o Corinthians venceu o Sport por 3 a 0 no Pacaembu e atingiu a oitava posição na tabela de classificação. Para o treinador, no entanto, a partida determinante para que o time entrasse forte no Brasileirão foi pela 7ª rodada, na derrota por 3 a 1 diante do Botafogo em pleno estádio do Pacaembu.

Veja também: STJD marca para sexta julgamento de Wallace por pisão em Barcos

"O Botafogo teve méritos, mas a gente estava de ressaca do título. Perdemos e eu não dormi, fiquei muito indignado. Desde aquele momento falo isso: não tem problema perder, desde que sejam jogos disputados, com nível técnico competitivo e concentração melhor. Estamos entre os três primeiros depois daquele jogo", encerrou Tite, satisfeito pela atuação do Timão a pouco mais de dois meses para o Mundial de Clubes da Fifa.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG