Tamanho do texto

Triunfo em Moscou foi o primeiro da história do time escocês fora de casa na Liga dos Campeões

Depois de uma estreia até certo ponto surpreendente na Liga dos Campeões da Europa há 14 dias, em que chegou a estar vencendo o Barcelona em pleno estádio Camp Nou e sofreu a virada no fim, o Spartak Moscou perdeu nesta terça-feira pela segunda vez no grupo G, desta agora para o Celtic , pelo mesmo placar.

Deixe seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

O roteiro do confronto no estádio Luzhniki foi parecido com o disputado na Espanha duas semanas atrás. O Spartak chegou a estar vencendo por 2 a 1, mas teve um jogador expulso e permitiu a reação dos escoceses, que venceram pela primeira vez fora de casa na fase de grupos em toda a história da 'Champions'.

Rafael Carioca (dir) em ação pelo Spartak Moscou, que perdeu em casa do Celtic
AP
Rafael Carioca (dir) em ação pelo Spartak Moscou, que perdeu em casa do Celtic

Sem poder contar com o volante Rômulo, que sofreu uma grave lesão no joelho direito e voltará aos gramados apenas em 2013, a equipe anfitriã teve em campo dois brasileiros: o volante Rafael Carioca e o atacante Ari, que deu passe para um dos gols.

E MAIS: Time de Diego Souza avança na Liga da Ásia e fica mais perto do Mundial

O Spartak tomou a iniciativa, mas o time visitante fez 1 a 0 em seu primeiro ataque, aos 12 minutos do primeiro tempo. Wanyama roubou a bola no meio e passou para Lustig, que cruzou na medida para Hooper desviar para a rede. O empate aconteceu pouco antes do intervalo, aos 41. Källström lançou dentro da área, Ari tocou de primeira para Emerike, que completou com um toque no canto.

Logo no começo do segundo tempo, aos três minutos, Emerike fez o segundo dele e virou o placar. Ari se esforçou para evitar a perda da bola, De Zeeuw chutou cruzado, o goleiro apenas olhou e o nigeriano empurrou para o gol vazio.

Em um lance polêmico, aos 18, o time da casa ficou com um a menos. Insaurralde derrubou Hooper na área, mas a jogada seguiu. No entanto, o árbitro foi avisado que houve a falta, parou a partida e ainda expulsou o argentino.

Leia mais notícias de futebol internacional no iG Esporte

Com um a mais, o Celtic foi para cima e obteve o empate aos 26. Hooper cruzou e Mulgrew ajeitou para Forrest, que finalizou rasteiro. Forster fez linda defesa com o pé direito, mas a bola bateu em Dmitri Kombarov e entrou. O gol da vitória aconteceu já aos 45, quando Izaguirre foi acionado na ponta esquerda e fez o cruzamento. Samaras cabeceou firme e superou o goleiro Pesyakov.

Os dois times voltarão a campo pela Liga no próximo dia 23. O Spartak voltará a jogar em Moscou, desta vez contra o Benfica, e o Celtic terá a dura missão de encarar o Barcelona no Camp Nou.