Tamanho do texto

Volante foi diagnosticado com estiramento muscular no adutor da coxa esquerda e ainda não sabe quanto tempo ficará fora da equipe

Os jogadores do Atlético-MG voltaram aos trabalhos na manhã desta terça-feira, e deram início a preparação para o jogo contra o Figueirense, marcado para o próximo sábado, no estádio Independência. O técnico Cuca, porém, não exigiu muitos dos comandados, que fizeram apenas um trabalho regenerativo na academia. O lateral Marcos Rocha, o zagueiro Réver e o meia-atacante Bernard servem a seleção brasileira e foram as ausências.

O Atlético-MG vai se recuperar no Brasileirão e continuar na luta pelo título? Comente

A notícia ruim para o treinador atleticano ficou por conta do volante Pierre, que sentiu uma lesão muscular na partida contra a Portuguesa e foi submetido a um exame de imagem, que diagnosticou um estiramento muscular no adutor da coxa esquerda. O departamento médico do clube ainda não informou por quanto tempo Pierre ficará fora da equipe.

E mais: Cuca revela que Bernard pode deixar Atlético-MG no final do Brasileirão

Certo é que ele não enfrenta Figueirense, já que além da lesão o jogador foi advertido com o terceiro cartão amarelo. Cuca já perdeu para o jogo contra os catarinenses o volante Leandro Donizete, que também possui uma lesão muscular e o zagueiro Leonardo Silva, que foi expulso contra a Lusa.

Veja como está a classificação do Campeonato Brasileiro

No meio-campo, Cuca tem as opções de Richarlyson, Fellipe Soutto e Serginho. Na defesa, o substituto natural é Rafael Marques, que deve formar a dupla de defensores com Réver. Com isso, Luiz Eduardo, que atuou alguns minutos na rodada passada, será o reserva imediato no jogo contra o Figueirense.