Renato descarta abatimento no Fla e já mira duelo com o Bahia

Equipe foi derrotada no clássico contra o Fluminense por 1 a 0 e estacionou nos 34 pontos no Brasileirão

Gazeta |

O Flamengo viu a sua série de vitórias ser interrompida na tarde de domingo, quando perdeu de 1 a 0 para o Fluminense. Com o resultado, o time ficou estacionado nos 34 pontos e viu as conversas sobre risco de rebaixamento voltarem à boca de jornalistas e torcedores. Os jogadores, porém, se mostram tranquilos quanto a isso, já que a atuação no clássico foi considerada positiva e, se repetida, pode garantir novos triunfos na sequência do Campeonato Brasileiro.

Diante do Fluminense, o Flamengo esteve no controle das ações a maior parte do jogo e em alguns momentos impôs uma pressão muito forte ao rival. A equipe perdeu chances incríveis de empatar, desperdiçou um pênalti com o meia argentino Bottinelli e teve um gol de Vagner Love bem anulado.

Pensa que o Flamengo ainda corre risco de rebaixamento? Deixe sua opinião

Apesar de não ser eficiente na busca pelo resultado, os flamenguistas provaram que ainda podem ter um bom desempenho no restante da competição. Justamente por isso que os atletas descartam qualquer tipo de abatimento e já focam na partida desta quinta-feira, às 21h (de Brasília), contra o Bahia no Estádio Olímpico João Havelange, o Engenhão, no Rio de Janeiro (RJ), pela 28ª rodada do Brasileirão.

"Isso faz parte do futebol. Nós conversamos depois do jogo e falamos que não podemos nos abater num momento desses, de maneira alguma, até porque nossa equipe não ficou devendo em nada para o time adversário. Infelizmente acabamos sofrendo um gol e o adversário se fechou. A gente não conseguiu fazer o gol, mas tivemos chances", analisa o meia Renato.

Para o confronto diante dos baianos, o Fla não poderá contar com o atacante Vagner Love e o lateral-esquerdo Ramon, suspensos - o atacante somou o terceiro cartão amarelo e o defensor foi expulso no clássico diante do Fluminense, neste domingo. Renato lamenta a ausência das importantes peças, mas garante que o time tem jogadores no elenco capazes de suprir suas faltas.

"Temos uma caminhada pela frente. Tem o Bahia agora e depois outros jogos difíceis. Perdemos um gueirreiro, o Love, que vai ficar fora do próximo jogo. O Ramon também. São jogadores que vinham numa sequência boa, mas a gente não pode ficar lamentando. Tem o Magal, o Hernane na frente, como outros jogadores também. Temos que descansar e colocar na cabeça que não ficamos devendo nada para o adversário", garante.

Ramon perderá os dois próximos jogos. Isso porque após o Bahia, o Flamengo terá o Corinthians pela frente e o lateral não pode enfrentar o Timão por questões contratuais, já que seus direitos federativos são ligados ao clube paulista.

Por outro lado, o Flamengo contará com o retorno do volante paraguaio Víctor Cáceres, que assim como Adryan também cumpriu suspensão neste domingo, mas já está à disposição do time.

O elenco, que nesta segunda-feira participou apenas de um trabalho regenerativo, volta a treinar na manhã desta terça-feira, no Ninho do Urubu, quando deve começar o trabalho com bola na semana. Com 34 pontos, o Flamengo precisa de pelo menos mais 12 pontos para garantir matematicamente a sua permanência na elite do futebol nacional.

Leia tudo sobre: FlamengoBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG