Presidente da Uefa acredita que seria ideal competição, que terá 24 seleções a partir de sua próxima edição, ser sediada por 12 ou 13 nações

Reuters

Platini quer ver a Eurocopa sendo disputada em 12 países
Getty Images
Platini quer ver a Eurocopa sendo disputada em 12 países

A Uefa só vai prosseguir com os planos de realizar a Eurocopa de 2020 em vários países se as federações de futebol das nações do continente concordarem, disse o presidente da entidade, Michel Platini, nesta segunda-feira.

Acha que a Euro deve ser disputada em vários países ao mesmo tempo? Opine

O ex-jogador da França afirmou que a entidade responsável por administrar o futebol europeu está esperando a resposta dos países a sua proposta, que foi anunciada inicialmente após a Euro 2012, sediada por Polônia e Ucrânia. Platini disse que seria uma edição única nesse formato.

"Se a ideia tiver apelo entre eles, vamos entrar nos detalhes de como podemos organizar a Euro em várias cidades europeias", falou Platini a repórteres em São Petersburgo, na Rùssia, após reunião do comitê executivo da Uefa.

Platini disse que a competição, que será expandida de 16 para 24 seleções a partir de 2016, ficará cara demais para muitos países para ser realizada em apenas uma sede.

A ideia dele é ter jogos em 12 ou 13 países, com as etapas finais em uma única sede. A proposta será discutida pelo comitê executivo em dezembro e uma decisão final será anunciada no ano que vem.

A Turquia já demonstrou interesse em realizar o torneio no formato tradicional como sede única, mas a proposta do país será retirada se Istambul for escolhida como sede dos Jogos Olímpicos no mesmo ano.

Escócia, Irlanda e País de Gales também declararam interesse em receber a competição juntos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.