Em resposta a Emerson, Ramires foge de polêmica com o Corinthians

Atacante corintiano enxergou suposto desdém do atleta do Chelsea ao falar sobre o Mundial de Clubes e o provocou

Gazeta |

Irônico, o atacante corintiano Emerson relembrou uma entrevista em que Ramires dizia ‘ainda não pensar no Mundial’ para garantir que o time do Chelsea não teria moleza em uma eventual decisão do torneio. Em resposta ao jogador do Corinthians, o brasileiro dos Blues se pronunciou em nota oficial, negando qualquer acusação de que teria desdenhado do possível adversário de dezembro.

"Acho que o Emerson deveria se informar melhor antes de tirar qualquer conclusão sobre o que eu declarei. Quem me conhece sabe que nunca foi do meu perfil desdenhar de ninguém. Quem procurar a entrevista citada por ele verá que tínhamos acabado de começar o Campeonato Inglês. Por isso, falei que ainda tinha muita coisa pela frente antes de começar a pensar no Mundial e no Corinthians. Em nenhum momento dei a entender que não estou preocupado ou menosprezo o clube", declarou Ramires por meio de nota oficial.

LEIA MAIS:  Sheik cita 'desdém' de Ramires e provoca o Chelsea: "Não tenho medo"

Ramires explica que a entrevista lida pelo Sheik foi concedida em agosto, ainda no início da disputa do Campeonato Inglês. Dessa forma, o assunto referente ao Mundial ainda não chamava a atenção do clube londrino, que passou por uma reformulação e começava a se adaptar às exigências da temporada 2012/2013.

"Não estamos nem aí também. O último resultado que eu vi do Chelsea ele perdeu de 4 a 1 (decisão da Supercopa Europeia, contra o Atlético de Madri)", disse Emerson à Fox Sports , relembrando uma entrevista em que Ramires se esquivou da alegação de Tite de que o clube inglês atua com "a bunda lá atrás", mas acabou dizendo que ainda não pensava no Mundial.

Pensa que o Corinthians consegue o título mundial sobre o Chelsea? Opine

Concentrado com o elenco do Chelsea para duelo contra o Nordsjaelland, na Dinamarca, pela Liga dos Campeões da Europa, Ramires fez questão de se pronunciar para apagar o mal entendido com a torcida e também com os jogadores do Corinthians.

"Quero reforçar meu respeito pelo Corinthians, seus torcedores e jogadores, entre eles Paulinho, Ralf e Cássio, amigos que fiz na seleção, e dizer que não gostaria de ter meu nome envolvido em qualquer polêmica", falou o volante do time inglês.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG