Grêmio recebe o embalado Santos para se manter na briga pelo título

Após conquistar a Recopa Sul-americana, o time de Neymar sonha com a classificação para a próxima Copa Libertadores da América

Gazeta |

A última partida da 27ª rodada do Campeonato Brasileiro promete fortes emoções. Grêmio e Santos fecham o final de semana com o jogo único do horário das 18h30 (de Brasília), no Olímpico, com objetivos diferentes: o Grêmio busca uma vitória para se manter na briga pelo título com Fluminense e Atlético-MG. Já o Santos, distante da luta pelo G4, não pode bobear: mesmo com o craque Neymar em campo, a distância para a zona de rebaixamento é de apenas seis pontos.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O calendário não dá trégua ao Grêmio. Depois de enfrentar três partidas seguidas fora de casa (o elenco passou 13 dias fora de Porto Alegre), o Grêmio tem mais um compromisso difícil neste final de semana: receber o Santos, de Neymar, no Olímpico, com necessidade de vitória para se manter na briga pelo título brasileiro. No primeiro turno, o Santos fez 4 a 2 no time gaúcho na Vila Belmiro.

Gazeta Press
O Santos aposta em Neymar para vencer o Grêmio


Os últimos resultados gremistas foram bons. A equipe empatou em 0 a 0 com o vice-líder Atlético-MG, em Belo Horizonte, e venceu o Barcelona-EQU, em Guaiaquil, pela Sul-Americana. Apesar de o empate com o Atlético-MG ter trazido um ponto importante na tabela, o Grêmior acabou deixando o Fluminense abrir sete pontos na briga pela ponta: 56 pontos, contra 49 e 52 do Atlético-MG, o que obriga a equipe a vencer os dois jogos que terá na sequência no Olímpico, contra Santos e Cruzeiro, se quiser se manter vivo na luta pelo título nacional.

Leia mais:  Gremistas esgotam ingressos e Olímpico terá 45 mil em jogo contra o Santos

O técnico Vanderlei Luxemburgo contará com time completo para encarar o Santos. Gilberto Silva e Zé Roberto foram poupados da partida de quarta-feira, no Equador, e estão descansados para o jogo. Pará, que pertence ao Santos e está emprestado ao Grêmio, só jogará se a equipe gaúcha pagar uma multa de R$ 100 mil ao adversário. O Grêmio deve desembolsar a quantia, já que se trata de um bom marcador, que pode ajudar a conter Neymar.

O atacante Kléber deixou o gramado em Guaiaquil se queixando de dores, mas deve ir para o jogo. O meia Elano, que fará seu primeiro confronto contra o ex-clube, também começa a partida, mesmo com o acúmulo de jogos. O espírito da equipe, que fará neste domingo seu 60º jogo oficial na temporada, é resumido pelo pensamento do volante Souza, no desembarque da delegação nesta quinta-feira, em Porto Alegre: "o desgaste é menor do que a nossa vontade de ganhar".

Veja também:  Luxemburgo esconde estratégia para marcar "carrasco" Neymar

Embalado pela conquista da Recopa Sul-americana, com uma vitória sobre a Universidad do Chile, na última quarta-feira, o Santos ainda sonha com a classificação para a próxima Copa Libertadores da América, ao mesmo tempo em que procura se afastar ainda mais da incômoda zona do rebaixamento.

Para mais esse compromisso decisivo no Brasileirão, o técnico Muricy Ramalho conta com um retorno importante. O atacante Neymar, que cumpriu suspensão automática pelo terceiro cartão amarelo, na derrota para a Portuguesa, está de volta ao time e vai formar dupla de ataque com o centroavante André, diante do Tricolor Gaúcho.

"Todo mundo sabe que ele é um atleta que faz muita falta para a gente, pelo talento que tem e pelo que ele representa hoje, para o futebol brasileiro. Ele é o melhor jogador do país", afirmou Muricy, que vê o aproveitamento de sua equipe se transformar quando a Joia está em campo.

Confira ainda:  Presidente do Barça elogia Neymar: "Nossos torcedores querem"

Sem Neymar, o rendimento é de 25,4 %, inferior ao lanterna Atlético-GO. Por sua vez, quando o camisa 11 está presente, o aproveitamento santista é de 74,1 %, superior inclusive ao do Fluminense, atual líder da Série A. "A gente tem consciência disso. Sabemos que ele ‘chama’ 50% do time mesmo", comentou o treinador.

Mas, apesar de ter recebido um "reforço" importante, Muricy Ramalho sabe que não será fácil derrotar os gremistas, tendo em conta a força do Tricolor Gaúcho, quando atua dentro de seus domínios.

"O Grêmio é um dos melhores times do país atualmente, por isso não é à toa que eles estão nas primeiras colocações. É um clube que investiu muito, trouxe jogadores importantes e está onde merece, pelo planejamento que fez. O Grêmio trabalhou bem para isso e essa é a diferença de quem briga pelo campeonato. Desta forma, vamos ter uma dificuldade enorme jogando fora de casa, pois o time deles é fortíssimo em seu campo. É muito complicado para ganhar lá dentro, mas vamos com o intuito de fazer um bom jogo e tentar vencê-los", analisou.

O Alvinegro Praiano tem dois desfalques para enfrentar o Grêmio. Os laterais Bruno Peres, que atua pelo lado direito, e o veterano Léo, que joga pelo setor esquerdo, foram vetados pelo departamento médico do clube. No lugar do primeiro, que voltou a sentir dores musculares na coxa esquerda, o jovem Douglas deverá ser titular. Na vaga de Léo, com lesão na panturrilha esquerda, Gérson Magrão é o favorito. Porém, Juan corre por fora nessa disputa e não está descartado.

Curiosamente, o árbitro da partida deste domingo será o mesmo do jogo ocorrido no primeiro turno: o pernambucano Nielson Nogueira Dias. O Grêmio contestou bastante a atuação de Dias naquela derrota por 4 a 2 para o Santos, no dia 8 de julho, alegando falta de Neymar sobre Vílson no lance do primeiro gol do Peixe na partida e que o árbitro não teria validado um gol de Kléber onde a bola teria ultrapassado inteiramente a linha. O assistente Clóvis Amaral da Silva, escalado para este domingo, também atuou naquele jogo.

FICHA TÉCNICA
GRÊMIO X SANTOS

Local: Estádio Olímpico, em Porto Alegre (RS)
Data: 30 de setembro de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Nielson Nogueira Dias (PE)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Clóvis Amaral da Silva (PE)

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Pará, Werley, Gilberto Silva e Anderson Pico; Fernando, Souza, Elano e Zé Roberto; Kléber e Marcelo Moreno.
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

SANTOS: Rafael; Douglas, Bruno Rodrigo, Durval e Gérson Magrão (Juan); Adriano, Arouca, Felipe Anderson e Patito Rodríguez; Neymar e André
Técnico: Muricy Ramalho

Leia tudo sobre: SantosGrêmiobrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG