Tamanho do texto

Goleiro impediu equipe rubro-negra de empatar no final. Vantagem tricolor na ponta do Brasileirão agora é de 6 pontos

Em clássico emocionante, o Fluminense derrotou o rival Flamengo por 1 a 0, neste domingo, no Engenhão. Com o resultado, o clube das Laranjeiras chegou aos 59 pontos e abriu seis de vantagem sobre o Atlético-MG , que vem na 2ª colocação, na tabela de classificação do Campeonato Brasileiro . O clube da Gávea, que vinha de duas vitórias seguidas, caiu para a 11ª posição, com 34 pontos ganhos.

O Flu mereceu a vitória? Ou o Flamengo merecia ter empatado/virado? Opine!

O jogo foi recheado de lances de perigo, principalmente no 2º tempo, quando o time rubro-negro dominou completamente e perdeu várias chances claras de marcar. Além disso, o meia Botinelli desperdiçou uma cobrança de pênalti, defendida pelo goleiro Diego Cavalieri. O Fluminense teve o mérito de saber suportar a pressão do adversário. Fred foi o autor do único gol da partida, anotando em um lindo voleio de perna direita, da marca do pênalti.

Diego Cavalieri defende pênalti e salva o Fluminense de levar empate no final do clássico contra o Fla
Photocamera
Diego Cavalieri defende pênalti e salva o Fluminense de levar empate no final do clássico contra o Fla

CONFIRA A TABELA DE CLASSIFICAÇÃO DO CAMPEONATO BRASILEIRO

Na próxima rodada, o Flamengo receberá o Bahia. O Fluminense, por sua vez, enfrentará o Botafogo em mais um clássico carioca.

O jogo
O Fla começou a partida com maior disposição ofensiva, aproveitando, principalmente, as subidas do lateral Wellington Silva. Só aos 4min é que o Fluchegou na área adversária em cruzamento de Carlinhos, que Fred cabeceou sem levar perigo. Depois do ímpeto inicial, as duas equipes preferiram dar mais ênfase à marcação, fazendo com que a partida ficasse com o ritmo mais lento. Aos 7min, Cleber Santana enfiou uma bola nas costas do lateral direito Bruno para Ramon, que completou por cima do travessão defendido por Diego Cavalieri. A resposta tricolor veio numa furada de Digão, dentro da área rubro-negra, depois de receber bom passe de Fred.

O time comandado por Dorival Júnior seguia forçando o jogo pelas laterais. Na direita, Wellington Silva recebia o auxílio do meia Cleber Santana que tentava penetrar nos espaços deixados por Carlinhos. A bola ficava mais tempo com o Fla, enquanto o Flu tentava surpreender em jogadas de velocidade. Aos 15min, Deco roubou a bola no meio-campo e lançou Thiago Neves pela esquerda. Mesmo com Fred e Nem esperando o passe nas proximidades da área, Neves decidiu arriscar e mandou por cima da trave.

Aos 17min, o Fluminense marcou o primeiro gol. Deco cruzou com perfeição e Fred, de voleio, mandou no canto direito de Felipe que saltou, mas não conseguiu impedir que a bola entrasse. O Flamengo tentou dar a resposta no lance seguinte. E o meia Ibson, inteiramente livre, cabeceou para fora, quando estava liver na pequena área. O lance animou a equipe rubro-negra, que criou outra chance para marcar aos 22min. Cleber Santana tabelou com Liedson e lançou Ibson que entrava pelo meio, mas o goleiro Diego Cavalieri saiu na hora certa e evitou o gol de empate.

O time das Laranjeiras só voltou a incomodar aos 33min, quando Wellington Nem tentou uma meia-bicicleta, mas a bola subiu muito. No minuto seguinte, Nem foi lançado por Deco, mas o goleiro Felipe chegou primeiro e ficou com a bola. O ritmo da partida caiu muito, mas o Flamengo seguia com mais posse de bola, embora não conseguisse traduzir o domínio em ações objetivas. Só aos 42min é que o Fluminense voltou a perturbar a defesa rubro-negra. Thiago Neves arrancou pela esquerda e lançou Nem na área, mas a zaga rubro-negra aliviou o perigo, no último lance importante do primeiro tempo.

Logo no início do 2º tempo, o Fluminense teve uma boa chance para ampliar o marcador. Aos dois minutos, Wellington Nem foi derrubado por Marcos González na entrada da área. Thiago Neves chutou colocado e a bola se chocou com a trave esquerda e depois saiu. A resposta do Flamengo veio em cruzamento de Cleber Santana que Diego Cavalieri tirou de soco. O lance animou a equipe rubro-negra que passou a imprensar o adversário para dentro da sua área.

Fred, mais uma vez, foi decisivo na vitória do Flu
Photocamera
Fred, mais uma vez, foi decisivo na vitória do Flu

O Flamengo seguia na pressão, em busca do gol de empate, utilizando os laterais para penetrar na defesa tricolor. Aos 17min,depois de falha de González e Frauches, Fred, Wellington Nem e Thiago Neves arrancaram para a área contra apenas um defensor rubro-negro, mas eles se atrapalharam e Ramon acabou salvando a sua equipe. O técnico Dorival Júnior decidiu alterar sua equipe, trocando Léo Moura e Liedson por Botinelli e Nixon. Aos 23 minutos, Nem foi derrubado por Ramon no lado direito da grande área. Thiago Neves cobrou direito e a bola explodiu no travessão de Felipe.

Aos 32min, depois de boa tabela entre Nixon e Ramon, a bola foi cruzada para Cleber Santana que, na entrada da pequena área, mandou a bola por cima, desperdiçando uma chance incrível de empatar a partida. O Flamengo pressionava e o Fluminense não conseguia sair da defesa, apenas rebatendo a bola para frente que era rapidamente recuperada pela equipe rubro-negra. Fred também teve que ser substituído e o técnico Abel Braga optou pelo volante Diguinho, reforçando ainda mais o sistema defensivo.

Aos 40 minutos, depois de pressão na área tricolor, Diguinho derrubou Wellington Silva na área e o árbitro marcou pênalti. Botinelli bateu o pênalti e Diego Cavalieri fez grande defesa. No lance seguinte, Vágner Love colocou a bola nas redes, mas o árbitro invalidou o lance por causa da posição irregular do atacante. Nos acréscimos, Ramon recebeu cartão vermelho e o Fluminense administrou o resultado qye lhe garantiu a liderança folgada.

FICHA TÉCNICA - FLAMENGO 0 X 1 FLUMINENSE
Campeonato Brasileiro 2012 - 27ª rodada 
Local : Engenhão, no Rio de Janeiro-RJ
Data : 30 de setembro de 2012, domingo
Horário : 16h (horário de Brasília)
Público : 25.313 pagantes / 30.844 presentes
Renda : R$768.955,00 
Árbitro : Marcelo de Lima Henrique
Auxiliares : Rodrigo Pereira Joia e Ediney Guerreiro Mascarenhas
Cartões amarelos : Amaral, Ramon (FLA); Digão, Edinho, Jean, Thiago Neves (FLU)
Cartões Vermelhos : Ramon (FLA)

GOLS
FLUMINENSE: Fred, aos 18 minutos do primeiro tempo

FLAMENGO : Felipe; Wellington Silva, Frauches, Marcos González e Ramon; Amaral (Renato Abreu), Ibson, Léo Moura (Bottinelli) e Cleber Santana; Liedson (Nixon) e Vágner Love Técnico : Dorival Júnior

FLUMINENSE : Diego Cavalieri; Bruno, Gum, Digão e Carlinhos; Edinho, Jean, Deco e Thiago Neves (Wagner); Fred (Diguinho) e Wellington Nem (Marcos Júnior) Técnico : Abel Braga