Após empatar sem gols com a Ponte Preta, o time carioca busca a vitória para seguir na zona de classificação da Copa Libertadores

O Vasco recebe o Figueirense neste sábado, às 18h30 (de Brasília), em São Januário, no Rio de Janeiro (RJ), em confronto válido pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro. Após empatar sem gols com a Ponte Preta, no último fim de semana, o time carioca, quarto colocado com 44 pontos, pretende se aproximar dos líderes e se consolidar de vez na zona de classificação para a Copa Libertadores. 

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O veterano Juninho é uma das armas do Vasco para vencer o jogo
Gazeta Press
O veterano Juninho é uma das armas do Vasco para vencer o jogo


Já os catarinenses, que tentam reagir após derrota de 3 a 1 para o Palmeiras, vivem situação muito delicada, com 22 pontos na penúltima colocação. A segunda divisão é uma realidade cada vez mais clara para o Figueirense, que necessita de um verdadeiro milagre para evitar a queda.

O cenário descrito acima deixa evidente o favoritismo do Vasco, que espera não encontrar problemas para ganhar diante de seus torcedores. Porém, os jogadores vascaínos, surpreendidos em outras condições diante de rivais que estavam correndo risco de rebaixamento, como nos 4 a 0 sofridos para o Bahia, preferem ser cautelosos.

Leia mais:  Carlos Alberto volta aos treinos, mas segue fora do Vasco

"Não podemos cair no erro de acreditar que o jogo está ganho por conta dos últimos resultados do Figueirense e pela distância na tabela. O Campeonato Brasileiro tem nos mostrado que todas as partidas são complicadas e o Vasco sempre irá respeitar os adversários. Para nós o jogo deste sábado é mais um em que teremos problema para ganhar, mas isso não significa que não estamos cientes de nossa responsabilidade. Sabemos que a obrigação da conquista do resultado positivo é toda nossa", analisa o meia Juninho Pernambucano.

Apesar desta cautela, os vascaínos prometem uma postura ofensiva contra o rival. "Jogando em casa temos que tomar a iniciativa do confronto, uma vez que a vitória é o único resultado que nos interessa. O respeito ao Figueirense é grande, pois sabemos que eles também têm potencial para ganhar. Porém, vamos buscar desde o início encontrar mecanismo que não permitam que o nosso adversário possa ter oportunidades de vencer", diz o goleiro Fernando Prass.

Veja também:  Vasco promete postura ofensiva contra Figueirense

Para este compromisso, o técnico Marcelo Oliveira tem problemas na armação da equipe. O zagueiro Renato Silva e o lateral direito Jonas cumprem suspensão após receberem o terceiro cartão amarelo no empate sem gols contra a Ponte Preta. Como Douglas está fora de cogitações depois de sofrer estiramento na coxa direita, Fabrício vai ganhar uma nova oportunidade ao lado de Dedé.

Para a lateral direita, o zagueiro Luan será improvisado, uma vez que Auremir, que vinha sendo titular, segue em recuperação de um problema muscular na coxa direita. Na lateral esquerda, Thiago Feltri ganha a vaga de William Matheus, com lesão na coxa esquerda Em compensação, o técnico cruz-maltino terá a volta do volante Nilton que cumpriu suspensão no jogo disputado em Campinas e reaparece no posto e Eduardo Costa.

Pelo lado do Figueirense, o técnico Márcio Goiano vê no jogo contra o Vasco uma grande chance de reação. "Nós sabemos que é muito complicado encarar uma equipe que está na parte de cima da tabela de classificação e na casa dela. Mas precisamos olhar este desafio como uma grande oportunidade de pegarmos embalo e começarmos a reagir dentro do Campeonato Brasileiro", acredita o treinador do Figueirense.

Confira ainda:  Loco Abreu é relacionado e pode voltar ao Figueirense diante do Vasco

Além da delicada situação na tabela de classificação, o Figueiraterá que superar o desfalque do zagueiro João Paulo, suspenso por acúmulo de cartões amarelos. O jovem Guti será o substituto.

No primeiro turno as duas equipes se enfrentaram no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis (SC), e empataram por 1 a 1. Naquela ocasião, Diego Souza, que hoje não está mais no clube, abriu o marcador para o Vasco, mas Roni garantiu a igualdade para o time catarinense.

FICHA TÉCNICA
VASCO X FIGUEIRENSE

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 29 de setembro de 2012 (Sábado)
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro (Fifa-MG)
Assistentes: Márcio Eustáquio Santiago (Fifa-MG) e Cleriston Rios (SE)

VASCO: Fernando Prass, Luan, Dedé, Fabrício e Thiago Feltri; Nilton, Wendel, Juninho Pernambucano e Felipe; Tenório e Alecsandro
Técnico: Marcelo Oliveira

FIGUEIRENSE: Wilson, Elsinho, Guti, Edson e Helder; Jackson, Túlio, Claudinei e Botti; Aloísio e Caio
Técnico: Márcio Goiano

* com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.