No reencontro de Gilson Kleina com a Ponte, Palmeiras tenta manter reação

Vindo de vitória contra o Figueirense, time alviverde precisa seguir triunfando para sair da zona do rebaixamento

iG São Paulo |

Há pouco mais de uma semana, o técnico Gilson Kleina deixava a Ponte Preta , em situação tranquila no Brasileiro, para assumir o Palmeiras , ameaçado pelo risco de jogar a Série B em 2013. Após apenas uma partida à frente do time paulista, o treinador reencontra a equipe de Campinas neste sábado, às 21h (horário de Brasília), no Pacaembu, em jogo que pode embalar o clube alviverde na tentativa de sair da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro .

Quem vence o jogo: Palmeiras ou Ponte Preta? Deixe seu palpite!

Gazeta Press
Gilson Kleina vai reencontrar seu ex-clube

Com apenas 23 pontos somados em 26 partidas, o time do Palestra Itália é o antepenúltimo colocado do Brasileiro, ainda a cinco pontos do Coritiba, primeiro clube fora da degola. Depois da vitória sobre o Figueirense, em Florianópolis, Kleina refutou a possibilidade de levar vantagem na partida contra a equipe alvinegra por conhecer bem o elenco campineiro.

VEJA:  Palmeiras vende 21 mil entradas e deve ter Pacaembu lotado contra a Ponte

"A gente conhece porque fez parte da montagem do grupo, mas os jogadores também me conhecem. Eles competem bastante, vai ser especial, cada um joga por seus interesses e claro que quando vencemos fora de casa, queremos agora a reação em nossa casa", explicou o técnico, já prevendo que a calma deve ser uma importante qualidade no Pacaembu.

VEJA A CLASSIFICAÇÃO ATUALIZADA DO CAMPEONATO BRASILEIRO

"É para ter consciência do jogo, não deixar de fazer as jogadas quando precisar, mas entender que na perda da bola precisamos ter identidade e fazer com que os jogadores possam desenvolver", acrescentou Kleina, que conta com as voltas do atacante Obina e o lateral direito Artur, suspensos na rodada passada - destes, só o camisa 2 será titular.  Corrêa, com um edema na coxa direita, é desfalque para esta partida. Com isso, Henrique, Marcos Assunção e Márcio Araújo devem formar o trio de volantes no meio-campo alviverde, que terá Valdivia na armação das jogadas.

MAIS:  Por confusões no clássico, Palmeiras perde 4 mandos de campo no Brasileirão

O chileno está garantido no time, assim como Maikon Leite. A dupla chegou a ser poupada de treinamentos na semana, por conta de uma inflamação na coxa - esquerda do atacante, direita do camisa 10. Os dois devem ajudar o atacante Barcos no comando de frente. Autor de sete gols no Brasileiro, o artilheiro do clube na competição, convocado para a seleção argentina, recebeu elogios de Gilson, por conta de sua inteligência. 

Futura Press
Ponte quer se manter longe da zona da degola

A Ponte Preta, por sua vez, está distante da zona de rebaixamento (são sete pontos de vantagem). Depois de utilizar o interino Zé Sérgio no empate com o Vasco, por 0 a 0, o time campineiro fará a estreia de Guto Ferreira no banco de reservas. Depois de chegar ao acesso à Série C com o Mogi Mirim, o comandante avisou que não anuncia qual equipe escalará antes das partidas.

"Estamos estudando e conhecendo o time. Temos que fizer ajustes e só vamos saber a equipe que vai entrar no sábado às 21 horas", afirmou. À frente do atual 11º colocado na tabela, Guto afirmou ter pensado em algumas possibilidades para minar o alto conhecimento de Kleina sobre o time campineiro. "Fiz algumas experiências. Tenho uma ideia do que quero para começar a partida no sábado", completou.

Apesar do mistério, o treinador não fechou o treinamento coletivo que comandou em Porto Feliz-SP. Na atividade, Guto Ferreira pouco mexeu na equipe: apenas colocou Cicinho, recuperado de dores no joelho, de volta na lateral direita - Luan foi para o banco. Na frente, Roger ficou isolado, recebendo assistências de Nikão e Marcinho.

FICHA TÉCNICA -  PALMEIRAS X PONTE PRETA
Campeonato Brasileiro 2012 - 27ª rodada 
Local: Estádio do Pacaembu, em São Paulo-SP
Data: 29 de setembro de 2012, sábado
Horário: 21h (horário de Brasília)
Árbitro: Guilherme Ceretta de Lima
Assistentes: Anderson José de Moraes Coelho e Bruno Salgado Rizo

PALMEIRAS: Bruno; Artur, Maurício Ramos, Thiago Heleno e Juninho; Henrique, Márcio Araújo, Marcos Assunção e Valdivia; Maikon Leite e Barcos  Técnico: Gilson Kleina

PONTE PRETA: Edson Bastos; Tiago Alves, Ferron e Diego Sacoman; Cicinho, Baraka, Renê Júnior, Marcinho e Uendel; Nikão e Roger  Técnico : Guto Ferreira

Leia tudo sobre: PalmeirasPonte PretaBrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG