Ex-Corinthians, atacante Willian faz gol de "escorpião" na Ucrânia. Veja o lance

No fim do jogo, meia aproveitou sobra na pequena área e no ar, com os pés, tocou por cima do próprio corpo para o gol

iG São Paulo * | - Atualizada às

Com um gol incomum, o atacante Willian evitou que seu clube, o Metalist, perdesse para o Chernomorets, pala 10ª rodada do Campeonato Ucraniano - o jogo ainda teve invasão de campo e agressão ao bandeirinha . Aos 43min do 2º tempo, o ex-corintiano aproveitou sobra na pequena área e no ar, com os pés e de costas, tocou por cima do próprio corpo para o gol, empatando o duelo por 1 a 1.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Foi um gol bonito, e de raciocínio rápido, até porque eu não tinha o que fazer. O goleiro rebateu a bola e eu passei um pouco dela, só me restava jogar o corpo para frente e bater com o calcanhar", explicou o jogador, que se transferiu para o Metalist após a conquista da Copa Libertadores com o Corinthians, em julho. "Foi bonito e estranho ao mesmo tempo", acrescentou.

Leia mais: Chelsea derrota o Arsenal no clássico londrino e segue na liderança do Inglês

Foi o quinto gol de Willian em 11 jogos na Ucrânia. Ele também contribuiu com três assistências para o time que conta com outros quatro brasileiros no elenco: Taison, Cleiton Xavier, Fininho e Marlos.

Veja ainda: Suárez marcou três vezes na Inglaterra. Veja imagens do futebol europeu

Mas entre todos os gols marcados, este, até agora, foi o mais marcante para Willian, que se lembrou de outro famoso lance do futebol mundial. "Foi parecido com aquela defesa do goleiro Higuita, da Colômbia. O mais importante é que consegui ajudar meu time a não perder um jogo em que pressionamos o adversário os 90 minutos e não merecíamos a derrota de forma alguma".

O próximo compromisso do Metalist será na quinta-feira, contra o Rapid Viena, pela segunda rodada da fase de grupos da Liga Europa. Na estreia, o time de Willian empatou fora de casa por 0 a 0 contra o Bayer Leverkusen.  Veja o vídeo do lance inusitado:

Leia tudo sobre: Futebol MundialUcrânia

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG