Proibido de jogar em casa, time mineiro recebe gaúchos no interior. Objetivo da dupla é, finalmente, se aproximar do G4

Cruzeiro treina na Toca da Raposa
Vipcomm
Cruzeiro treina na Toca da Raposa

Cruzeiro e Internacional , dois times que não conseguem satisfazer plenamente público e crítica, se enfrentam neste sábado, às 18h30, no Estádio Melão, em Varginha. O objetivo das duas equipes é finalmente convencer e se aproximar o tão desejado G4. O Cruzeiro ocupa a sétima colocação e o Inter, a nona.

Qual seu palpite para o jogo? Deixe seu comentário

Amargando um jejum de cinco jogos em vencer no Brasileiro, o time mineiro perdeu contato com as equipes do G4 do Brasileirão, mas os jogadores e a comissão técnica da Raposa ainda acreditam em vaga no grupo dos primeiros colocados.

O zagueiro uruguaio Victorino sabe que a missão não será fácil, por isso, pede atenção especial ao setor defensivo da Raposa. O atleta terá a missão de marcar o compatriota Forlán, eleito melhor jogador da última Copa do Mundo. Victorino conhece bem o armador Colorado e afirma que estará ligado durante todo o tempo para evitar as jogadas de Forlán.

"Tem que estar ligado. Não é um jogador que procura a bola o tempo todo, mas quando o Forlán some do jogo, aí que ele fica mais perigoso. Você acha que estava fazendo uma boa marcação, mas ele pode aparecer num momento que ninguém esperar e marcar os gols. Temos que nos concentrar bem na defesa. Quando falo defesa, digo que a marcação deve começar no primeiro atacante para neutralizar e segurar bem o jogo", declarou.

Leia ainda: Cruzeiro tem perda de mando reduzida para quatro jogos

O técnico Celso Roth terá alguns desfalques para enfrentar o Internacional e deve confirmar o Cruzeiro com apenas um atacante. Wallyson tem uma lesão óssea no pé direito e está fora do jogo, por isso, a tendência é que Borges seja o único atacante de oficio na partida. O ex-Colorado Tinga vai cumprir suspensão e não também não joga, assim como Lucas Silva, expulso na última rodada. Sandro Silva e William Magrão engrossam a lista de desfalques do time celeste.

Já o Inter também busca uma sequencia de vitória pra se aproximar dos líderes. Mesmo tendo dois jogos fora de casa em sequência (além do Cruzeiro, visitará o Santos na semana que vem), a meta é buscar os 6 pontos para chegar próximo do Vasco, 4º colocado, com 44.

"Esse é o nosso único débito no campeonato: não ter enfileirado uma sequência de vitórias. Nós sabemos da dificuldade de jogar em Minas, mas precisamos do resultado. Queremos enfileirar três ou quatro vitórias seguidas", projetou o vice de futebol Luciano Davi. A postura da equipe, portanto, deve ser ofensiva em Varginha.

D'Alessandro treina no Inter
Divulgação
D'Alessandro treina no Inter

A grande novidade colorada é a continuidade. Pode ser um aparente paradoxo, mas é fácil de explicar: pela primeira vez desde que assumiu o comando técnico do Colorado, em julho, o técnico Fernandão terá a chance de repetir o time de uma rodada para a outra. A equipe que venceu o Bahia por 3 a 1 no último domingo será a mesma que começará a partida deste sábado.

Três titulares foram garantidos pelo STJD. Nei e Fabrício receberam uma advertência do tribunal por suas expulsões na derrota para o Fluminense e vão para o jogo. Já D’Alessandro foi suspenso por um jogo por ter recebido cartão vermelho contra o São Paulo, mas como já cumpriu a pena também está liberado para atuar. Ele formará a dupla de meias com o garoto de Fred, que ganhou a posição de titular da equipe por seu bom desempenho neste Brasileirão.

Leia mais: Fernandão traça meta de 67 pontos para o Inter

Fernandão terá ainda uma novidade no banco de reservas: é o lateral esquerdo Kléber, recuperado de lesão muscular. Ele treinou normalmente durante a semana, e pode entrar no segundo tempo do jogo em Varginha. Rafael Moura ainda deve ser preservado. Já o zagueiro Juan sentiu novas dores durante um treino nesta semana e ficará mais algumas semanas de molho.

FICHA TÉCNICA
CRUZEIRO X INTERNACIONAL

Local: Estádio Melão, em Varginha (MG)
Data: 29 de setembro de 2012 (sábado)
Horário: 18h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Paulo César Oliveira (SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (SP) e Rogério Pablo Zanardo (SP)

CRUZEIRO: Fábio, Léo, Thiago Carvalho, Victorino e Diego Renan; Leandro Guerreiro, Marcelo Oliveira, Everton, Souza; Montillo e Borges
Técnico: Celso Roth

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Ygor, Guiñazu, Fred e D’Alessandro; Forlán e Leandro Damião.
Técnico: Fernandão

*Com a Gazeta Esportiva

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.