Titulares da posição estão machucados e poderão dar lugar para o zagueiro Gabriel Paulista sair improvisado no setor

O técnico Paulo César Carpegiani preferiu não desvendar o mistério que envolve o responsável pela lateral direita do Vitória e finalizou a preparação de sua equipe com um rachão. O time já se encontra em Santa Catarina desde quinta-feira e disputou o coletivo para recuperar as energias antes da partida contra o Avaí, neste sábado, no estádio da Ressacada.

Enquanto os atletas aproveitavam o tempo livre para se divertirem com a pelada, Carpegiani estudava o posicionamento da equipe para definir quem assumirá o lado direito do campo. Os dois titulares da posição estão machucados e poderão dar lugar para o zagueiro Gabriel Paulista sair improvisado no setor.

Entretanto, o comandante rubro-negro também conta com Carlinhos. O jogador é lateral de origem e poderia ser colocado na equipe principal para liberar a participação de Gabriel na zaga. Desta forma, o atleta formaria dupla com Victor Ramos e mandaria Rodrigo Costa para o banco de reservas rubro-negro.

Mesmo com a dúvida mantida na defesa, Carpegiani confirmou a alteração que fará no ataque. Marquinhos ganhou elogios de seu comandante e ocupará a função que foi desempenhada por Willie na última rodada. "O Carpegiani pediu para eu jogar um pouco mais aberto. Estamos sem lateral direito e precisamos nos comprometer em campo. O importante é a vitória. Não importa onde vou jogar. Só quero ajudar o time", destacou o atacante.

Com 57 pontos conquistados até o momento, o Vitória é o líder isolado do Brasileiro da Série B e soma cinco de diferença para o segundo colocado, Criciúma. Já o Avaí aparece com 40 pontos na tabela de classificação e ocupa o nono lugar. O time ainda sonha com o G-4, mas vê a sua meta cada vez mais longe com a irregularidade apresentada nas últimas partidas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.