Expectativa é que cerca de 30 mil torcedores vão ao estádio para empurrar o time na luta contra o rebaixamento

Com o Palmeiras em situação difícil no Campeonato Brasileiro , a torcida alviverde vem fazendo o possível para ajudar a equipe na luta contra o rebaixamento. Com o time ciente de que terá que fazer quatro jogos fora de São Paulo devido à punição do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva), a massa palestrina e promete lotar o Pacaembu para o jogo deste sábado, às 21h (horário de Brasília), contra a Ponte Preta , pela 27ª rodada do torneio. Até a tarde desta sexta, 21 mil dos 37.153 ingressos já haviam sido vendidos de maneira antecipada.

O Palmeiras vencerá a Ponte Preta neste sábado? Deixe seu palpite!

Torcida do Palmeiras vai lotar Pacaembu no sábado
Gazeta Press
Torcida do Palmeiras vai lotar Pacaembu no sábado

Com isso, as entradas para os setores de arquibancada verde e amarela, além da arquibancada especial laranja, já estão esgotados. A expectativa é que cerca de 30 mil palmeirenses compareçam ao Pacaembu para apoiar a equipe, que é apenas a 18ª colocada no Brasileirão, com apenas 23 pontos, cinco atrás do Coritiba, primeiro time fora da zona do rebaixamento.

VEJA:  Por confusões no clássico, Palmeiras perde 4 mandos de campo

As vendas de ingresso para a partida continuam neste sábado. A entrada mais barata ainda disponível é a do tobogã, que custa R$ 20 - R$ 10 a meia-entrada. Os outros setores para os palmeirenses são: cadeira descoberta, R$80,00 (R$40,00 a meia-entrada) e cadeira coberta R$ 160,00 (R$80,00 a meia).

MAIS:  Perda de mandos não assusta Palmeiras: "Temos que dar a cara para bater"

Com a punição imposta pelo STJD nesta sexta, inclusive, o Palmeiras só mandará mais um jogo em São Paulo até o fim do Brasileirão. Através de seu diretor jurídico, Piraci Oliveira, o clube alviverde avisou que vai recorrer no tribunal, mas, caso a decisão seja mantida, o clube alviverde só voltará ao Pacaembu contra o Atlético-GO, no dia 25 de novembro, pela 37ª (penúltima) rodada do torneio.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.