Osvaldo marca de novo, mas golaço evita vitória do São Paulo em Loja

A partida de volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana será disputada no dia 24 de outubro, no estádio do Morumbi

Gazeta | - Atualizada às

Assim como na vitória sobre o Cruzeiro, Osvaldo brilhou e marcou pelo São Paulo diante da LDU de Loja, nesta quarta-feira. Só que o feito do atacante, desta vez, não foi suficiente para garantir um triunfo na ida das oitavas de final, pois a equipe da casa buscou o empate por 1 a 1, com um golaço ainda na primeira etapa.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Depois de sair atrás aos 36 minutos, em gol que até poderia ser validado como contra – Osvaldo cruzou da ponta esquerda e contou com desvio para balançar a rede –, a LDU igualou o placar aos 44. Pedro Larrea bateu da meia esquerda e encobriu o goleiro Rogério Ceni, colocando a bola no ângulo direito.

Leia mais:  Alvará autoriza São Paulo a iniciar projeto de cobertura do Morumbi

A partida de volta está marcada para 24 de outubro, no Morumbi. O vencedor das oitavas de final vai enfrentar quem passar do duelo entre Universidad de Chile e Emelec. Empate por 0 a 0 dá a vaga ao clube brasileiro, enquanto igualdades a partir de 2 a 2 classificam os equatorianos.

O jogo:

O São Paulo foi a campo nesta quarta-feira novamente com três atacantes, mas sem Willian José, que não foi bem no compromisso anterior, contra o Cruzeiro, e deu lugar a Ademilson. Lucas e Osvaldo continuaram abertos pelas pontas direita e esquerda respectivamente.

Outra modificação do técnico Ney Franco em relação ao jogo passado foi no lado direito. Em vez de Douglas, jogador de ofício da posição, o treinador, preocupado com a subida dos laterais adversários, optou por improvisar o zagueiro Paulo Miranda e dar mais segurança ao setor.

Apesar do sistema ofensivo, o time brasileiro encontrou dificuldade para assustar a meta do goleiro José Alvarado porque tanto sua defesa quanto seu meio-campo se desfaziam da bolarapidamente. As raras jogadas de boa qualidade saíam dos pés de Osvaldo, que, no fim de semana, já havia sido o melhor são-paulino em campo.

A equipe da casa, que não via um empate em branco como mau resultado, valorizava o tempo quando tinha a posse de bola e, apesar de não contar com grandes destaques técnicos, ameaçou a meta de Rogério Ceni. Aos 24 minutos, Feraud cobrou falta da meia esquerda, e abola saiu rente à trave depois de desvio no meio da área.

Onze minutos mais tarde, o jovem camisa 10 Uchuari disparou pela ponta direita e arriscou o arremate. Rogério Ceni pulou no canto esquerdo e espalmou como pôde, deixando a bola viva na pequena área. A defesa chegou a tempo e fez o corte.

Mais incisiva, a LDU foi castigada aos 36 minutos. Osvaldo se aproximou da linha de fundo, tentou cruzamento com efeito e contou com desvio na marcação para enganar Alvarado e abrir o placar. A arbitragem não deu gol contra, conferindo o tento ao são-paulino.

A torcida local diminuiu ainda mais o barulho, mas não demorou para retomar a tímida festa que fazia. Aos 44 minutos, Pedro Larrea experimentou chute colocado da meia esquerda e encobriu Rogério Ceni, levando a bola ao ângulo direito. O goleiro até foi para a bola, mas desistiu de tocá-la ao ver que não a alcançaria.

Doze minutos passados no segundo tempo, Ney Franco modificou seu time, sacando o inoperante Ademilson para promover a entrada de Douglas. Paulo Miranda continuou do lado direito, mas dando maior liberdade para o lateral direito de ofício subir ao campo de ataque. Logo após a alteração, o beque perdeu gol incrível: sem marcação após falta cobrada pela esquerda, cabeceou para fora.

O treinador do São Paulo fez outras duas mudanças logo em seguida: Wellington no lugar de Denilson (que já havia recebido cartão amarelo), e Willian José no lugar de Jadson (rearmando a escalação com um terceiro atacante, pouco depois de Ademilson ter sido substituído).

Aos 41 minutos, Lucas sofreu falta na meia-lua da área. Rogério Ceni partiu para a cobrança, mas carimbou a barreira. O time mandante engatou rápido contragolpe e obrigou o goleiro a correr. A jogada, no entanto, foi desarmada e salvou o São Paulo da derrota.

FICHA TÉCNICA
LDU DE LOJA 1 X 1 SÃO PAULO

Local: Estádio Reina del Cisne, em Loja (Equador)
Data: 26 de setembro de 2012, quarta-feira
Horário: 22h (de Brasília)
Público: 13.730
Árbitro: Julio Bascuñan (CHI)
Assistentes: Juan Maturana (CHI) e Marcelo Barraza (CHI)
Cartões Amarelos: Koob Hurtardo, Arnaldo Vera e Frankin Salas (LDU de Loja); Denilson, Osvaldo, Rhodolfo e Wellington (São Paulo)

GOLS:
LDU DE LOJA: Pedro Larrea, aos 44 minutos do primeiro tempo
SÃO PAULO: Osvaldo, aos 36 minutos do primeiro tempo

LDU DE LOJA: José Alvarado; Armando Gómez, Arnaldo Vera, Geovanny Cumbicus (Jimmy Bermúdez) e Koob Hurtado; Pedro Larrea, Marco Mosquera (Cristian Cordero), Carlos Feraud e Johnny Uchuari; Walter Calderón (Frankin Salas) e Fábio Renato
Técnico: Paúl Vélez

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Rafael Toloi, Rhodolfo e Cortez; Denilson (Wellington), Maicon e Jadson (Willian José); Lucas, Osvaldo e Ademilson (Douglas)
Técnico: Ney Franco

Leia tudo sobre: São PauloLDU de LojaCopa Sul-Americana

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG