Tamanho do texto

"Não consegui ter uma sequência de jogos e espero que daqui para frente às coisas possam mudar", avaliou o jogador do clube goiano

As 20 partidas e os oito gols marcados neste ano com a camisa do Atlético-GO não foram o suficiente para convencer o atacante Felipe de seu bom desempenho na atual temporada. Em entrevista ao Portal 730 , o jogador admitiu que as diversas lesões pelas quais ele vem passando têm feito com que ele esteja rendendo menos do que poderia.

Felipe, atacante do Atlético-GO
Site oficial
Felipe, atacante do Atlético-GO

"Eu sei que estou devendo muita coisa ainda, não consegui ter uma sequência de jogos e espero que daqui para frente às coisas possam mudar. (...) Quando você se machuca e fica um tempo parado, perde tudo aquilo que treinou, e aí tem que voltar e esperar mais uma semana. Não adianta precipitar as coisas porque tem que ir bem para o jogo", explicou.

O atacante vem sofrendo desde janeiro com uma série de lesões musculares, que o têm impedido de entrar em campo com regularidade.

Na manhã desta quinta, Felipe e o restante do elenco rubro-negro ganham folga. À tarde, a equipe realiza o último treino em casa antes de enfrentar o Náutico, no Recife. À noite, todo o grupo viaja para a capital pernambucana.

O Atlético-GO é o lanterna do Campeonato Brasileiro, com 20 pontos, enquanto o Náutico é o 14°, com 31 pontos. A partida está marcada para as 18h30 (de Brasília) deste sábado, no Estádio dos Aflitos.