Reencontro de Ronaldinho com Fla não preocupa Cuca e diretoria do Atlético-MG

"O que existe é da parte do Ronaldinho com o Flamengo, é um problema dele com o clube, o Atlético-MG pegou um jogador livre e apostou" disse o presidente do clube

Gazeta |

Futura Press
Contra seu outro ex-clube, o Grêmio, Ronaldinho também foi vaiado

O duelo entre Flamengo e Atlético-MG , marcado para o Engenhão, nesta quarta-feira, deve chamar a atenção dos fãs de futebol pelo Brasil. As equipes se encontram em situações opostas na tabela do Brasileiro, mas o confronto terá um ingrediente especial, que é o reencontro de Ronaldinho com a torcida flamenguista.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O craque deixou o time carioca brigado e assinou com o Galo, por isso, um esquema especial de segurança foi montado para o Atlético-MG e para o jogador. O presidente alvinegro, Alexandre Kalil, afirma que a rivalidade que tem sido criada é entre Ronaldinho e o Flamengo, e que o time mineiro não tem nada a ver com isso.

Leia mais: PM espanta protesto de flamenguistas, e Ronaldinho desembarca na pista no Rio

"O que existe é da parte do Ronaldinho com o Flamengo, é um problema dele com o clube, o Atlético-MG pegou um jogador livre e apostou. Deu certo, como também poderia ter dado errado, ninguém é gênio e nem melhor do que os outros. Poderia ter sido uma lambança mineira, como já fiz tantas, mas não foi. Graças a Deus deu certo", disse.

Veja também: Em reencontro com Ronaldinho Gaúcho, Flamengo enfrenta o Atlético-MG

Kalil ainda negou que exista segurança diferenciada para ele e para o Atlético-MG, e ainda brincou ao dizer que pretende curtir as praias do Rio de Janeiro. "Aqui é um lugar muito bonito e não vou andar com segurança no Rio de Janeiro, vou andar na praia amanhã, porque sou mineiro, e mesmo se estiver chovendo eu vou para praia", comentou.

E ainda: Reencontro de Ronaldinho com Flamengo terá esquema de segurança

O técnico Cuca acredita que o clima criado sobre o reencontro de R49 com a torcida do Flamengo não deve atrapalhar o espetáculo. O treinador projeta um bom jogo com vitória do Galo. "Espero que seja um bom jogo. Essa particularidade do Ronaldinho não vai atrapalhar, nem o estádio lotado. O Galo está preparado para enfrentar o Flamengo. A pressão da torcida pode nos ajudar dando uma força", declarou.

Leia tudo sobre: atlético-mgflamengoronaldinhokalilcucabrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG