Tamanho do texto

Para não deixar escapar a vaga no G4, time carioca tentará buscar o gol desde o início no duelo contra os catarinenses, que lutam contra o rebaixamento

Fernando Prass quer ver o Vasco partindo para cima do Figueirense desde o começo da partida
Futura Press
Fernando Prass quer ver o Vasco partindo para cima do Figueirense desde o começo da partida

Sem perder o objetivo de figurar entre os quarto clubes classificados para a Copa Libertadores de 2013, o Vasco se prepara para o confronto diante do Figueirense neste sábado, às 18h30 (de Brasília), em São Januário (RJ), pela 27ª rodada do Campeonato Brasileiro . Com 44 pontos e ocupando a quarta posição na tabela, ameaçado de perto pelo São Paulo , que está em quinto lugar, com 42, o time vascaíno promete uma postura bem ofensiva em campo diante dos catarinenses, que aparecem na zona de rebaixamento, com 22 pontos.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Jogando em casa temos que tomar a iniciativa do confronto, uma vez que a vitória é o único resultado que nos interessa. O respeito ao Figueirense é grande, pois sabemos que eles também têm potencial para ganhar. Porém, vamos buscar desde o início encontrar mecanismo que não permitam que o nosso adversário possa ter oportunidades de vencer", disse o goleiro Fernando Prass. 

Jogue palavras cruzadas e mostre que sabe tudo sobre a história do seu clube

O atacante Alecsandro deixa claro que a postura ofensiva do Vasco nada tem a ver com um possível menosprezo ao adversário. "Nós respeitamos o Figueirense, sabemos que eles contam com jogadores experientes e de qualidade, que têm condições de tirar o time da situação que se encontra neste Campeonato Brasileiro. Por isso mesmo que precisamos muito tomar a iniciativa da partida e atacar desde o primeiro minuto, para não deixar que o nosso adversário toma as rédeas do confronto", afirmou o atacante.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Brasileiro

Para este compromisso o Vasco tem problemas. O zagueiro Renato Silva e o lateral-direito Jonas receberam o terceiro cartão amarelo no empate sem gols contra a Ponte Preta e estão suspensos. Como Douglas está fora de cogitação depois de sofrer estiramento na coxa direita, Fabrício pode ganhar uma nova oportunidade, ao lado de Dedé. Para a lateral direita, Marcelo deve optar por Max, uma vez que Auremir, que vinha sendo o titular, segue em recuperação de um problema muscular na coxa direita.

O lateral esquerdo William Mattheus, que sofreu um leve estiramento na coxa esquerda diante da Ponte Preta, é dúvida e será reavaliado no treino desta quinta-feira. Já o atacante equatoriano Tenorio, que foi poupado contra a Ponte Preta por conta de dores na coxa direita, foi liberado e vai a campo. O volante Nilton, que cumpriu suspensão no domingo, é outro que estará à disposição de Marcelo Oliveira.

Diego Souza

Fora de campo, o departamento jurídico estuda a melhor maneira de exigir o retorno do meia Diego Souza ao clube. O Vasco acionou na Fifa o Al-Ittihad, da Arábia Saudita , que ainda não pagou pelos direitos federativos do jogador, negociado no meio do ano, durante a abertura da janela de transferências internacionais. Os vascaínos moveram uma ação judicial pedindo também indenização e o aumento no valor a ser pago. O acordo entre os dois clubes prevê o parcelamento em três vezes. Apenas a primeira parcela foi paga.

* Com Gazeta Esportiva