Alvará autoriza São Paulo a iniciar projeto de cobertura do Morumbi

A estimativa do clube é de terminar as obras em 18 meses. O projeto será tocado pela empresa Andrade Gutierrez

Gazeta |

Gazeta Press
O Morumbi será reformado

Foi publicado nesta quarta-feira o alvará de liberação para a construção da cobertura do Morumbi. A partir desse documento, divulgado no Diário Oficial da capital paulista, o São Paulo está autorizado a iniciar a reforma.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

A estimativa do clube é de terminar as obras em 18 meses. O projeto será tocado pela empresa Andrade Gutierrez e custeado também com ajuda de outras parceiras e recursos provenientes da exploração comercial dos espaços da arena de show.

A arena receberá eventos para até 25 mil pessoas e ficará localizada em um ponto no qual nem o público nem o palco terão acesso ao gramado, o que significa que o estádio não ficará impossibilitado para jogos, como ocorre atualmente, em virtude da montagem e desmontagem de palco.

Leia mais:  Luis Fabiano admite pressão por título no São Paulo

A principal reforma, porém, será a cobertura de todos os assentos. A obra não deverá interferir na parte estrutural ou na comunicação visual da fachada do Morumbi, com uma estrutura metálica leve e a menor quantidade possível de pontos de apoio em torno do estádio.

O São Paulo também quer construir um hotel, com quartos voltados para dentro e fora do Morumbi. O clube, entretanto, ainda não tem tal autorização da Prefeitura.

Leia tudo sobre: são paulomorumbi

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG