Tamanho do texto

Federação Paulista de Futebol puniu a TUP após ter acesso às imagens de torcedores da organizada tentando invadir os camarotes do Pacaembu, no jogo contra o Corinthians

A FPF (Federação Paulista de Futebol) cumpriu com o que havia dito anteriormente e identificou os responsáveis pelo tumulto que marcou o último clássico entre Palmeiras e Corinthians no Campeonato Brasileiro. Baseada em imagens televisivas e fotográficas, a entidade conseguiu reconhecer os membros da organizada que tentou invadir os camarotes do Pacaembu e vetou a entrada da TUP (Torcida Uniformizada do Palmeiras) nos estádios.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Torcida organizada do Palmeiras se envolveu em incidentes no clássico contra o Corinthians
Gazeta Press
Torcida organizada do Palmeiras se envolveu em incidentes no clássico contra o Corinthians

O incidente ocorreu logo após o volante Paulinho anotar o segundo gol do Corinthians na partida. Revoltados com a crítica situação da equipe na tabela de classificação, torcedores pularam para a área reservada do Pacaembu e tentaram chegar ao camarote onde o presidente do Palmeiras, Arnaldo Tirone, estava acompanhando ao confronto.

Leia mais:  Felipão exalta Kleina no Palmeiras e diz: "Sair foi a melhor coisa"

Ao encontrarem resistência por parte da segurança, os torcedores tentaram voltar para as arquibancadas e foram detidos pela Polícia Militar antes que pudessem pular de volta para fora do setor. Identificados posteriormente, os adeptos tiveram suas fichas levantadas junto a organizadas do clube e foram relacionados à TUP.

Confira ainda:  Marcos Assunção pede desculpas a Felipão: "Estamos envergonhados"

Desta forma, a Polícia Militar barrará a entrada de qualquer torcedor que tente entrar em jogos de futebol com adereços, bandeiras ou objetos com as inscrições da TUP. A bateria e os instrumentos musicais desta ala da torcida palmeirense também foi vetada pela FPF e não tem previsão para ter o seu ingresso liberado novamente.