Tamanho do texto

Partida de domingo foi interrompida por falta de energia elétrica no estádio Vallecas

Reuters

Trabalhadores tentam arrumar iluminação no estádio Vallecas
EFE
Trabalhadores tentam arrumar iluminação no estádio Vallecas

O Real Madrid aceitou, relutantemente, disputar a partida do Campeonato Espanhol contra o Rayo Vallecano às 14h45 (horário de Brasília) desta segunda-feira, um dia após o jogo ter sido cancelado por causa de uma suposta sabotagem à iluminação do estádio Vallecas, do Rayo.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O jogo aconteceria no domingo às 21h30 do horário local (16h30 de Brasília), mas o estádio ficou às escuras e os torcedores ainda aguardavam do lado de fora da arena, que estava com os portões fechados, enquanto funcionário tentavam reparar a iluminação.

O presidente do Rayo, Raul Martin Presa, disse que pessoas não identificadas cortaram os cabos de energia do estádio e que o jogo foi cancelado quando ficou estabelecido que não seria possível resolver o problema a tempo.

O Real inicialmente disse que não queria correr o risco de um novo problema na iluminação e queria que a partida fosse realizada mais cedo nesta segunda, enquanto o Rayo insistiu que o jogo deveria ser à noite para que mais torcedores pudessem comparecer.