Rafael e Van Persie definem virada do Manchester United sobre o Liverpool

Em crise, o Liverpool, jogando em casa com um atleta a menos, chegou a abrir o placar com Gerrard, mas não resistiu e segue em crise

Gazeta |

Em um jogo repleto de homenagens aos mortos da tragédia de Hillsborough, o Liverpool não conseguiu agradar sua torcida neste domingo e perdeu para o Manchester United, de virada, por 2 a 1. Com o resultado, os mandantes seguem sem nenhuma vitória no Campeonato Inglês e agora amargam o 18° lugar. Já o Manchester continua na segunda colocação e mantém sua perseguição ao líder Chelsea.

Confira a classificação atualizada do Campeonato Inglês

Na primeira etapa, o Liverpool mantinha a posse de bola e não deixava o United jogar, embora não chegasse com tanto perigo ao gol de Lindegaard. Com apenas um volante de origem em campo (Carrick), a equipe de Manchester sofria para trocar passes e era pressionada pelos donos da casa. Porém, aos 39 minutos, o meio-campista Shelvey entrou por cima numa dividida com Evans e foi expulso, prejudicando os anfitriões.

CAMPEONATO INGLÊS:  Com Oscar em campo, Chelsea vence no final e continua líder do Inglês

Getty Images
Van Persie vem justificando o investimento do United e foi decisivo mais uma vez

Atuando com um jogador mais, o United esperava voltar melhor para o segundo tempo, porém logo no segundo minuto da etapa final, a equipe sofreu um duro golpe. Após bate rebate na área, a bola sobrou para Gerrard, que não perdoou e fez um golaço, abrindo o placar para o Liverpool.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Com o placar desfavorável, Alex Ferguson, treinador do Manchester, resolveu mexer e, aos quatro minutos, trocou o ponta Nani pelo veterano meio-campista Scholes. Um minuto depois, Valência recebeu bom passe pela direita e cruzou, Kagawa ajeitou de peito e o brasileiro Rafael bateu com categoria de pé esquerdo para deixar tudo igual no Anfield.

A entrada de Scholes equilibrou a partida, mas a posse de bola continuava dominada pelos donos da casa. O Manchester apostava em contra-ataques e foi assim que chegou ao gol da virada. Aos 36 minutos, Valencia invadiu a área pela direita, caiu e o árbitro marcou pênalti duvidoso. Van Persie bateu bem, anotando o gol que deu a vitória aos visitantes e números finais ao jogo.

Leia tudo sobre: liverpoolmanchester unitedfutebol mundialinglaterra

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG