Terry alega "posição insustentável" e anuncia aposentadoria da seleção inglesa

Apesar de absolvido pela justiça comum, zagueiro continua sendo investigado pela federação inglesa por ter sido acusado de racismo

iG São Paulo | - Atualizada às

Getty Images
John Terry, zagueiro do Chelsea

A trajetória de John Terry na seleção da Inglaterra chegou ao fim neste domingo. Segundo o zagueiro do Chelsea , de 31 anos, sua aposentadoria da equipe nacional foi motivada pelas ações recentes da federação inglesa.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Terry alega que o fato de continuar sendo investigando pela entidade por causa das acusações de racismo que sofreu de Anton Ferdinand, do Queens Park Rangers, tornou impossível sua permanência na seleção. Isso porque ele já havia sido absolvido pela justiça comum inglesa.

Leia mais sobre futebol inglês no blog God Save the Ball

"Minha posição na seleção é insustentável", disse Terry. Ainda assim, o zagueiro agradeceu a oportunidade de ter defendido a seleção inglesa nos últimos anos. “Representar meu país e ser capitão da equipe nacional foi o meu sonho de garoto e uma grande honra. Sempre dei tudo de mim e me parte o coração ter de tomar essa decisão”, afirmou.

E mais:  Chelsea renova contrato com David Luiz por mais cinco anos

Com 78 partidas disputadas, Terry aparece ao lado de Stuart Pearce na 17ª posição do ranking de jogadores que mais vezes defenderam a seleção inglesa na história. Participou das duas últimas edições da Copa do Mundo e da Eurocopa em 2004 e em 2012.

Leia tudo sobre: Futebol MundialInglaterraJohn Terry

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG