Time gaúcho é apenas o 17º colocado neste começo de returno e venceu apenas um de dez jogos. Já os baianos lideram a segunda metade do campeonato

Em uma situação normal, o caro e badalado time do Internacional entraria como favorito diante do Bahia , no Beira-Rio. Mas as circunstâncias equilibram o jogo deste domingo, às 16 horas (de Brasília), pela 26ª rodada do Campeonato Brasileiro. O time gaúcho é apenas o 17º colocado neste começo de returno e venceu apenas um de seus últimos dez jogos. Já os baianos lideram a segunda metade do campeonato e ainda não perderam sob o comando do técnico Jorginho.

Você aposta em Inter ou Bahia no jogo deste domingo? Comente

Fernandão: bate-boca com atleta em treino e time em baixa no Brasileirão 2012
Futura Press
Fernandão: bate-boca com atleta em treino e time em baixa no Brasileirão 2012

O ambiente no Beira-Rio, que já era tenso, piorou após o empate do último domingo, em 2 a 2, com o Sport, em casa. A equipe gaúcha fez um primeiro tempo desastroso, saindo perdendo por 2 a 0, e poderia, inclusive, ter sido goleada. A péssima atuação gerou críticas públicas pesadas do técnico Fernandão ao elenco, mesmo que o Inter tenha reagido e chegado ao empate.

Leia mais: Após discutir com Fernandão e ser expulso, Dátolo treina separado

"Aqui no Internacional está havendo uma zona de conforto muito grande. Os grandes têm que assumir a responsabilidade. No primeiro tempo foi nítido que o time achou que ganharia o jogo na hora que quisesse. Era caneta, firulinha, lances enfeitados. Eu disse a eles que não existe jogo fácil. Mentalmente, nós não estamos preparados para brigar por nada neste Campeonato Brasileiro", disparou o treinador colorado.

Veja ainda: Souza, do Bahia, nega agressão a mulher em festa: "Jamais faria"

Fernandão conversou demoradamente com os jogadores na terça-feira a respeito da atuação contra os pernambucanos. Atletas experientes, como o meia D’Alessandro, negaram qualquer atrito com o técnico. No entanto, nesta quinta, houve mais um episódio tenso no Beira-Rio: o argentino Dátolo foi expulso do treino por Fernandão, após discutir asperamente com o treinador.

E mais: Acusado de agredir mulher, Souza se diz abalado e vira dúvida no Bahia

Souza vive dias difíceis no Bahia: acusado de agressão, ele se diz abalado e é dúvida
Gazeta Press
Souza vive dias difíceis no Bahia: acusado de agressão, ele se diz abalado e é dúvida


Mesmo com os nervos à flor da pele, o Inter tem algumas novidades positivas para o duelo com o Bahia. O lateral Nei, recuperado de dores musculares, está de volta. O mesmo vale para o atacante Dagoberto e para o volante Ygor. Desta vez, não há ninguém convocado: Guiñazu, Forlán e Leandro Damião vão para o jogo. Só o zagueiro Juan e o lateral esquerdo Kléber é que seguem no departamento médico.

O Bahia, por outro lado, vem em pleno crescimento no Campeonato Brasileiro. Sob o comando de Jorginho, a equipe ainda não foi derrotada: foram quatro vitórias e dois empates, 14 pontos conquistados em 18 disputados, a melhor campanha do returno e uma longa distância de sete pontos para a zona de rebaixamento.

A principal dúvida de Jorginho para escalar a equipe é o centroavante Souza. Acusado de agredir uma mulher na última quarta-feira, o jogador conversará com a família antes de se colocar à disposição para a partida. Caso ele não atue no Beira-Rio, a tendência é a de que um velho conhecido dos torcedores gaúchos o substitua: Cláudio Pitbull, atacante formado pelo Grêmio no início dos anos 2000, e autor do gol da sofrida vitória diante do Figueirense, no último domingo, por 2 a 1.

O Tricolor Baiano terá ao menos dois retornos importantes no Beira-Rio. Os meias Gabriel, recuperado de um estiramento muscular na coxa, e Zé Roberto, ex-Inter, que não atuou contra o Figueira por conta de dores musculares.

FICHA TÉCNICA
INTERNACIONAL X BAHIA

Local: Estádio Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data: 23 de setembro de 2012, domingo
Horário: 18h30 (de Brasília)
Árbitro: Ronan Marques da Rosa (SC)
Assistentes: Roberto Braatz (Fifa-PR) e Nadine Schram Câmara Bastos (SC)

INTERNACIONAL: Muriel; Nei, Rodrigo Moledo, Índio e Fabrício; Ygor, Guiñazu, Fred e D’Alessandro; Forlán e Leandro Damião
Técnico: Fernandão

BAHIA: Marcelo Lomba; Neto, Danny Morais, Titi e Jussandro; Fahel, Diones, Zé Roberto e Gabriel; Jones Carioca e Souza (Cláudio Pitbull)
Técnico: Jorginho

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.