São Paulo planeja apresentação "maestral" para Ganso no Morumbi

Apelido de 'maestro' do novo camisa 8 são-paulino deu ideias aos diretores são-paulinos, que ainda pensam na melhor forma de explorar a imagem do meia

Gazeta |

Rubens Chiri/saopaulofc.net
Meia Paulo Henrique Ganso vestirá a camisa 8

O primeiro contato de Paulo Henrique Ganso com a torcida do São Paulo será no domingo, meia hora antes da partida contra o Cruzeiro, no Morumbi. A intenção é explorar de alguma maneira o apelido de "maestro" do ex-santista. Por que não com o hino do clube sendo executado por uma orquestra?

Leia também:  Com nova política de contratações, São Paulo gastou R$ 67 milhões em 18 meses

Talvez porque dois fatores dificultam a organização. Além do pouco tempo hábil, o clube deve respeitar limites estabelecidos pela Federação Paulista de Futebol e a Confederação Brasileira de Futebol por se tratar de um dia em que o estádio receberá jogo.

Ganso será ídolo no São Paulo? Deixe seu comentário!

"Por ser no campo, não dá para fazer nada muito especial. Estamos correndo atrás, mas foi tudo muito rápido. O que dá para dizer é que será uma apresentação à altura do nível de jogador que ele é", diz o vice-presidente de marketing, Julio Casares.

Certo é que o meia subirá ao gramado às 15h30, logo depois de ser apresentado à imprensa com a camisa 8, e receberá um microfone para falar com os torcedores presentes nas arquibancadas - até agora, ele só se pronunciou por meio do site do clube. Para tirar Ganso da Vila Belmiro, foi preciso pagar os R$ 23,9 milhões de multa rescisória proporcional ao Santos. Desse valor, o São Paulo arcou com R$ 16,9 mi, sendo o restante desembolsado pelo grupo DIS, que aumentou para 68% sua parcela nos direitos.

E ainda:  São Paulo registra contrato no BID e Ganso já está liberado para jogar

A negociação foi iniciada em agosto e se arrastou por um mês. "Talvez muitos não tenham percebido, mas a camisa 8 já estava separada para ele. A gente acha que ele vai ser muito útil nesta temporada", comentou o diretor de futebol, Adalberto Baptista.

O vínculo de Ganso com o São Paulo é válido até setembro de 2017. Apesar de já registrado na CBF, o maestro ainda se recupera de lesão muscular na coxa esquerda e só poderá reger a equipe no Campeonato Brasileiro entre outubro e novembro.

Leia tudo sobre: gansosão paulo

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG