Com o encontro, Luis Álvaro Ribeiro começou a cercar Robinho, visando trazer o jogador para o Santos em janeiro de 2013

Robinho está na mira de Laor
AE
Robinho está na mira de Laor

Após dar fim a "novela" que envolveu a saída do meia Paulo Henrique Ganso para o São Paulo, o Santos já começa a traçar os seus planos para empregar bem os R$ 23,9 milhões recebidos pela transferência do seu antigo camisa 10. O presidente do clube praiano, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro, que viajou na última terça-feira para a Europa, onde participa de uma reunião do Comitê Organizador do Mundial de Clubes da Fifa, inclusive deu início as conversas para repatriar Robinho.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

O mandatário santista, antes de seguir para a Suíça, sede da Fifa, esteve na Itália, para se encontrar com o Rei das Pedaladas. O atacante do Milan jantou com Laor e com o vice-presidente da equipe rossonera, Adriano Galliani.

Com o encontro, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro começou a cercar Robinho, visando conseguir repatriar o Rei das Pedaladas, possivelmente em janeiro do ano que vem. A intenção é que o retorno seja em definitivo. Essa possível negociação acalmaria a pressão da torcida alvinegra, após a eliminação na última Copa Libertadores da América, para o Corinthians, nas semifinais, e a campanha irregular no Brasileirão.

Leia mais:  Muricy pede reposição e sonha com Robinho, Kaká e Diego

Na última janela de transferências internacionais, o Santos buscou a contratação de Robinho, mas a proposta de 10 milhões de euros (R$ 24 milhões) não foi aceita pelo Milan. Isto porque, o time italiano já havia se desfeito de peças importantes no seu elenco, como o zagueiro brasileiro Thiago Silva e o atacante sueco Zlatan Ibrahimovic, que se transferiram para o Paris Saint-Germain. Os rossoneros preferiram segurar o Rei das Pedaladas, com medo de enfraquecer ainda mais o seu plantel.

Sem confirmar os primeiros contatos da cúpula santista por Robinho, o vice-presidente Odílio Rodrigues despistou sobre o assunto, negando que Laor tenha visitado o atacante em Milão. "Ele foi para uma reunião da Fifa. Para que o trajeto, que é longo, não fosse tão cansativo, ele viajou alguns dias antes. O Luis Álvaro vai ter algumas atividades particulares dele por lá. Mas, na verdade, ele foi para a Europa visando essa reunião na Fifa", disse.

Veja também:  Diretor do São Paulo festeja Ganso, alfineta Santos e quer Neymar

Porém, o dirigente fez questão de esclarecer que o Peixe irá trabalhar em sigilo em busca de nomes de qualidade para reforçar o seu elenco visando a próxima temporada. "O Santos está fazendo um planejamento para reforçar o time em 2013. Queremos ser mais fortes e competitivos. Esse é o projeto. Mas a nossa diretoria não trabalha com venda de ilusão, pois é muito séria no que se compromete e deseja fazer. Não estamos anunciando quais são as negociações que pretendemos ter, mas queremos nomes qualificados, para melhorar nossas deficiências e carências", concluiu Odílio.

O técnico Muricy Ramalho, questionado sobre a necessidade de reforços, principalmente com a ida de Ganso para o Morumbi, elogiou Robinho, Diego (Wolfsburg) e Kaká (Real Madrid). Para o treinador santista, caso a direção se planeje e busque parceiros, pode trazer atletas de qualidade para a Vila Belmiro no próximo ano.

Revelado pelo Alvinegro Praiano em 2002, o Rei das Pedaladas teve a sua segunda e, até agora, última passagem pelo clube no primeiro semestre de 2010, já na administração de Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro. Na ocasião, Robinho ajudou a equipe a conquistar os títulos paulista e da Copa do Brasil.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.