Atacante gremista pode pegar até 12 jogos de suspensão por dar cotovelada no zagueiro Henrique, do Palmeiras

Kleber deixa o campo cabisbaixo após ser expulso diante do Palmeiras
Gazeta Press
Kleber deixa o campo cabisbaixo após ser expulso diante do Palmeiras

Além do jogo de domingo, contra o Atlético-MG, o Grêmio enfrentará outra decisão na próxima segunda-feira, mas fora de campo. O atacante Kléber foi denunciado por agressão no lance em que atingiu Henrique com o cotovelo, no empate em 0 a 0 com o Palmeiras, e pode pegar até 12 jogos de suspensão. Caso pegue a pena máxima, não jogará mais pela equipe gaúcha no Campeonato Brasileiro.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Segundo a súmula do árbitro Sandro Meira Ricci, Kléber foi expulso por "utilizar a mão de maneira temerária contra o rosto de seu adversário na disputa pela bola", o que levou a procuradoria do STJD a enquadrá-lo artigo 254-A do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, que julga atletas que praticam "agressão física durante a partida".

Leia mais:  Gilberto Silva pede sabedoria ao Grêmio para jogar no Independência

A defesa gremista se baseará nas imagens de TV e no fato de o atleta ter recebido dois cartões amarelos, e não o vermelho direto. A pena mínima, caso o Gladiador seja condenado, é de três partidas. Como Kléber não é réu primário, dará trabalho aos advogados gremistas. Os três jogos do Grêmio seguintes ao julgamento são contra Santos, Cruzeiro e Sport.

Contra o Barcelona de Guayaquil-EQU, na próxima quarta-feira, o atacante está confirmado por Vanderlei Luxemburgo, pois a Copa Sul-americana é organizada pela Conmebol, que não acata punições impostas pela CBF.

*Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.