“Forçado” a sair, Diego Souza dispara contra dirigente vascaíno

Ex-jogador do Vasco criticou o antigo vice-presidente do time carioca, José Hamilton Mandarino

Gazeta |

Futura Press
Diego Souza saiu do Vasco há dois meses

Dois meses depois de acertar sua transferência do Vasco da Gama para o Al Ittihad-SAU, o meia Diego Souza resolveu se pronunciar sobre as acusações do antigo vice-presidente de futebol do Cruz-maltino, José Hamilton Mandarino, que deu a entender que o ex-camisa 10 não queria mais permanecer em São Januário no restante desta temporada.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Por meio de sua assessoria de imprensa, o jogador manifestou carinho ao clube e revelou uma suposta imposição da diretoria por sua saída. "Em momento algum forcei minha saída. Muito pelo contrário, sempre estive feliz e honrado em defender as cores do clube. Senti-me forçado e pressionado a optar pela transferência, apesar de, no discurso externo do clube, sempre terem colocado que o interesse pela negociação fosse meu", disparou.

Leia mais:  Vasco decide parcelar dívida de R$ 1,3 milhão e São Januário volta a ter água

Depois de ver o Banco Central reter os R$ 6 milhões que seriam repassados ao Vasco pela negociação do meia, o clube ainda sofreu mais uma acusação, desta vez direta de Diego Souza. "Existiam, como ainda persistem, problemas relacionados aos meus contratos, que geravam um incômodo no relacionamento com os dirigentes, mas tenho certeza de que serão solucionados", ressaltou.

Confira ainda:  Felipe é confirmado entre os titulares do Vasco para enfrentar a Ponte Preta

Por fim, o jogador lembrou da boa campanha vascaína nas últimas temporadas para mostrar sua gratidão à equipe. "Conquistamos a Copa do Brasil, jamais estivemos fora do G-4 do Campeonato Brasileiro e resgatamos o orgulho dos torcedores, de quem até hoje recebo manifestações de carinho, me fazendo sentir parte de um grupo de ídolos recentes", finalizou.

Leia tudo sobre: vascodiego souzabrasileirão 2012

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG