Fifa nega possibilidade de mudar opções de nome de mascote da Copa

Entidade confirma que tatu-bola será chamado por uma das três opções previamente selecionadas: Amijubi, Fuleco ou Zuzeco

iG São Paulo * |

Apesar da insatisfação de muitos torcedores brasileiros, a Fifa confirmou nesta sexta-feira que não há possibilidade de mudar as opções de nomes apontados pela entidade para batizarem o tatu-bola que será o mascote da Copa de 2014, no Brasil.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Entre 450 nomes analisados, os três escolhidos pela Fifa para o tatu-bola são: Amijubi, que junta as palavras "amizade" e "júbilo"; Fuleco, que combina "futebol" e "ecologia"; e Zuzeco, que mescla "azul" e "ecologia".

Leia também: Abaixo-assinado virtual pede mudança dos nomes do mascote da Copa

Em relação às queixas, a Fifa e o COL (Comitê Organizador Local) disseram estar contentes com a maneira que o público brasileiro "assumiu para si a propriedade deste mais recente membro da equipe de 2014".

Desde o anúncio oficial do tatu-bola como mascote, foram registrados 115 mil votos no site da Copa, segundo os responsáveis. A Fifa explicou que não seria possível realizar um processo de escolha aberto devido à complexidade de se registrar vários nomes e da legislação de propriedade intelectual.

Ainda de acordo com o organismo, também devido a restrições jurídicas, não é possível chamar o animal apenas de "Tabu-Bola".

Relembre os mascotes da Copa do Mundo:


*Com EFE

Leia tudo sobre: Copa 2014FifaCOL

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG