Diretor corintiano nega oferta, mas admite saída de Paulinho em 2013

"Vai acontecer mais cedo ou mais tarde para o futebol europeu, não tem como", disse o diretor de futebol do Corinthians, Roberto de Andrade

iG São Paulo * |

Futura Press
Paulinho pode sair do Corinthians em 2013

A diretoria do Corinthians sabe que terá dificuldade para segurar Paulinho na próxima temporada. Depois de ter evitado a saída do meio-campista na janela passada de transferências internacionais, o diretor de futebol do clube, Roberto de Andrade, admitiu perder o jogador antes do fim do contrato.

Paulinho deve permanecer ou tem de sair do Corinthians? Opine!

"Vai acontecer mais cedo ou mais tarde para o futebol europeu, não tem como. Nenhum clube está falando com o Paulinho ou com o Corinthians agora, mas vai acontecer. Não sei quando, se vai ser em dezembro ou em julho", afirmou o dirigente, depois do treino desta sexta-feira.

Leia mais:  Cobiçado pela Inter, Paulinho se esforça para não perder o foco

Em agosto, quando foi assediado pela Internazionale de Milão, Paulinho renovou com o Corinthians até 2015, já que o clube paulista adquiriu 50% dos direitos, que pertenciam ao BMG. A outra metade está presa ao Audax.

Confira ainda:  Alvo de Romário, goleiro Cássio se defende: "Fui campeão da Libertadores"

Roberto de Andrade explicou que a vontade do jogador será importante para definir o futuro. "Vai da pessoa também. O Castán, por exemplo, quis ir e não tem tivemos como segurar. Existe o interesse de cada pessoa, que pode querer mudar de trabalho", acrescentou.

O desejo de Paulinho foi preponderante para sua permanência em agosto, quando a Inter estava disposta a levá-lo para o futebol italiano.

Leia tudo sobre: corinthianspaulinhoroberto de andrade

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG