Cobiçado pela Inter, Paulinho se esforça para não perder o foco

"Vai sair quase todos os dias alguma coisa a meu respeito, mas não tem nada. Quando houve, optei por permanecer" disse o meia do Corinthians

Gazeta |

Futura Press
Paulinho tem contrato com o Corinthians até 2015

O volante Paulinho é o jogador do elenco corintiano que mais atrai a atenção do futebol europeu. Especulado em equipes do exterior desde que despontou no Corinthians , o meio-campista é alvo da cobiça principalmente da Internazionale de Milão, mas adverte que seu pensamento está apenas no Corinthians.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"Vou continuar com simplicidade e humildade. Sei que vai sair quase todos os dias alguma coisa a meu respeito, mas não tem nada. Quando houve, optei por permanecer. Tenho de saber lidar e não perder o foco", afirmou.

Leia mais: Após golaços pelo Chelsea, Oscar vira motivo de preocupação no Corinthians

Na janela internacional de transferências passada, a equipe italiana fez oferta para tirar o jogador do Corinthians, mas o volante e o clube paulista recusaram. Além disso, a diretoria alvinegra adquiriu 50% dos direitos do atleta, que pertenciam ao BMG (a outra metade é do Audax, antigo Pão de Açúcar).

Veja também: “Me sinto em casa”, diz Danilo após renovação de contrato com o Corinthians

Mesmo assim, com o contrato prorrogado até 2015, Paulinho é apontado constantemente como possível reforço da Inter. "É muito difícil, pois fico vendo na imprensa por diversas vezes essas especulações, mas tenho de fazer um bom trabalho em campo e ter os cuidados com este tipo de coisa fora. Tenho pessoas, como minha esposa, que me ajudam muito para eu saber lidar".

E ainda: Paulinho ignora impedimento e festeja primeiro gol pela seleção brasileira

Contratado em 2010, depois de ter se destacado pelo Bragantino, o volante é hoje titular do Corinthians e lembrado também pelo técnico Mano Menezes para a seleção brasileira."Procuro assimilar muito bem todas as coisas. Na minha vida, aconteceu tudo muito rápido, claro que com trabalho e empenho. É muito difícil controlar todas essas coisas, mas estou sabendo fazer isso, tenho de manter os pés no chão", concluiu.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG