"Nós estamos jogando bem em casa e a torcida está chegando junto", disse o lateral

O Sport encontra-se em situação delicada no Campeonato Brasileiro. O time está em 17º lugar com 24 pontos, quatro atrás do Flamengo, primeiro time fora da zona de rebaixamento. Uma das forças do time, a Ilha do Retiro, deve voltar a ser temida nessa reta final para que o time saia dessa situação. Pelo menos essa é a opinião do lateral-direito Cicinho.

Cicinho, lateral do Sport
Divulgação
Cicinho, lateral do Sport

"A Ilha do Retiro sempre foi a grande arma do Sport, mas há algum tempo os adversários estavam vindo para cá sem medo. Até pela situação que a gente vivia. Acredito que agora a história é outra. Nós estamos jogando bem em casa e a torcida está chegando junto", disse o camisa 12.

Cicinho se refere ao bom momento do time jogando em casa, afinal, são quatro jogos sem perder na Ilha do Retiro. O jogador também lembra que o time não pode vacilar neste que, para ele, será um dos confrontos mais difíceis do campeonato.

"Temos que levar o máximo de concentração para esse jogo, que vai ser muito difícil. É uma partida de concentração total", conclui.

Com Gazeta

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.