Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Romário intensifica críticas à seleção e pede intervenção de Dilma

Deputado federal e ex-atacante afirma que Brasil não vai passar da primeira fase da Copa do Mundo se jogar como na vitória sobre a Argentina

iG São Paulo | - Atualizada às

A seleção brasileira , mais uma vez, foi alvo de críticas de Romário. Através da sua conta no Twitter, o ex-atacante e atual deputado federal reclamou da atuação do time comandado por Mano Menezes na vitória por 2 a 1 sobre a Argentina , no Superclássico das Américas, e pediu até mesmo uma intervenção da presidente da República, Dilma Rousseff.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

“Mais uma vitória não convincente e, pior, mais um jogo horrível do Brasil. Galera, se continuar assim, com esse time, o Brasil não vai passar nem da primeira fase na Copa do Mundo”, escreveu Romário, que em seguida pediu: “Presidenta Dilma, pelo amor de Deus, tome uma decisão junto com o Ministério do Esporte. Pelo fato de a CBF ser uma empresa privada e não pagar imposto federal, a senhora tem todo o direito de intervir”.

Leia também:  Mano cita "invencibilidade" de 13 meses da seleção para combater as críticas

Recentemente, a seleção brasileira e o trabalho de Mano Menezes têm recebido muitas críticas do ex-atacante. No início do mês, após a convocação para os amistosos contra África do Sul e China, ele afirmou que a lista de atletas chamados pelo treinador é motivada pela possibilidade de venda dos mesmos no futuro .

E mais:  Mano minimiza vaias e gritos por Felipão e elogia comportamento de torcedores

Antes disso, no final do mês de agosto, Romário já tinha acusado o treinador de ter feito a convocação para as Olimpíadas motivado por interesses pessoais. Além disso, criou uma campanha no Twitter pedindo a demissão de Mano Menezes.

Leia tudo sobre: RomárioCBFSeleção Brasileira

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG