Johnny Herrera, atual goleiro da Universidad do Chile havia sido preso durantes as comemorações da independência do Chile

Johnny Herrera quando ainda era jogador do Corinthians, em 2006
Gazeta Press
Johnny Herrera quando ainda era jogador do Corinthians, em 2006

Na madrugada da última segunda-feira, durante as festas de comemoração de independência do Chile, o goleiro da Universidad do Chile, Johnny Herrera, foi detido por dirigir embriagado. O chileno, que teve passagem apagada pelo Corinthians em 2006, foi liberado nesta quinta-feira.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Herrera teve que se apresentar ao tribunal da cidade de Quintero, que determinou um prazo de 90 dias para a investigação do caso e optou por não adotar medidas cautelares contra o réu.O atleta já viajou de volta a Santigo para reintegrar-se ao elenco da La U.

Leia mais: Ex-goleiro do Corinthians, Herrera é detido no Chile por dirigir embriagado

A direção de seu atual clube comemorou a decisão da justiça, já que conta com o goleiro para encarar o Santos na próxima quarta-feira, pela partida de volta da Recopa Sul-Americana. No primeiro jogo, empate em 0 a 0.

Em 2009, o goleiro atropelou e matou uma jovem universitária enquanto dirigia bêbado. Nesse caso, ele acabou escapando de uma pena mais grave porque a jovem atravessava em um local proibido e ele aceitou pagar uma polpuda indenização à família da vítima.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.