Tamanho do texto

De acordo com o jogador do Bahia, a jovem Adriele, de 22 anos, está usando a mídia para se promover e prejudicá-lo

Souza comemora gol do Bahia sobre o Palmeiras
Gazeta Press
Souza comemora gol do Bahia sobre o Palmeiras

Acusado de agressão por uma jovem de 22 anos após uma festa promovida em sua casa na segunda-feira, dia de folga do elenco do Bahia, o atacante Souza, enfim, deu sua versão sobre a denúncia e garantiu inocência no caso. Irritado, ele garantiu que as acusações são mentirosas.

Deixe o seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Identificada como Adriele, a mulher chamou a Polícia Civil ao condomínio de luxo em que o atacante promoveu a festa, na cidade de Lauro de Freitas. Ela alegou ter sido vítima de chutes e empurrões do jogador do Bahia, que tratou de desmentir as acusações em nota de esclarecimento divulgada pela assessoria de imprensa do clube.

"Peço desculpas por estar fazendo minha família, o clube e a torcida passarem por toda esta situação, mas garanto que sou inocente e confio na investigação da polícia, que provará a verdade", escreveu Souza, revoltado pelas informações desencontradas que permeiam o caso e se sentindo na obrigação de dar sua versão.

Leia mais:  Atacante Souza, do Bahia, é acusado de agredir mulher durante festa

"Tenho certeza que a verdade aparecerá, como já está aparecendo. Posso garantir que não agredi essa moça e jamais faria algo do tipo. Todas as pessoas que estavam lá (na festa promovida em sua casa) podem confirmar a minha versão e, até o momento, ninguém apareceu para confirmar a dela", contou o atleta, que teria tido um caso com Adriele no passado.

De acordo com Souza, Adriele está usando a mídia para se promover e prejudicá-lo. Enquanto isso, ele garante seguir focado no retorno ao Bahia e no duelo diante do Internacional, que será realizado neste domingo. Dois dias antes, o jogador terá que prestar esclarecimentos no 23º DP, em Lauro de Freitas.

Entre para a torcida do Bahia: