Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Romarinho revela conselho de mais velhos e diz se espelhar em Sheik

Atacante ouve diretoria e jogadores para aprender a lidar com sucesso repentino

Gazeta |

Gazeta Press
Romarinho não é titular absoluto, mas faz gols decisivos no Corinthians

Mesmo sem vaga garantida no time titular do Corinthians , o atacante Romarinho tornou-se uma peça importante no elenco comandado pelo técnico Tite. Escolhido para iniciar o clássico contra o Palmeiras, no domingo, o jogador de 21 anos revelou que tem recebido conselhos dentro do clube para evitar que o repentino sucesso atrapalhe sua trajetória.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

"A diretoria e os jogadores vêm conversando comigo. Sou um cara tranquilo, o Sheik, Paulinho e Ralf falam comigo. Se ele faz o que faz é porque pode, é o Sheik. Mas ainda é cedo para deixar de fazer algumas coisas, e vou focar totalmente no futebol", decretou na manhã desta terça  o atleta, que disse ter Emerson, companheiro de frente no clube, como espelho.

Leia mais: Corinthians é o time brasileiro com mais jogadores presentes no Superclássico

Com estilo tímido, oposto de Sheik, o atacante envolveu-se em uma polêmica no último dérbi, ao marcar e comemorar o gol na frente da torcida rival. Enquanto Romarinho, centro da polêmica, tratou de justificar o lance, dizendo que não teve intenção de provocar os palmeirenses e comemorou no local por ser costume, o experiente camisa 11 conseguiu cutucar o Palmeiras, mesmo sem entrar em campo.

Veja também: Iluminado em jogos decisivos, Romarinho sonha com gol sobre o Chelsea no Japão

Suspenso pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) por ter sido expulso na partida com o Atlético-MG, Emerson usou sua página no Twitter  para tirar proveito da situação alviverde - atual vice-lanterna do Brasileiro. No microblog, o jogador postou: "que dó, que dó, que dó da formiguinha", além de, entre risos, dizer: "amanhã é que dia?", fazendo alusão à segunda-feira e o possível rebaixamento do rival.

E ainda: Campeão paralímpico, Daniel Dias sonha com “ouro” do Corinthians no Japão

A atitude de Sheik gerou uma chamada do gerente de futebol, Edu Gaspar, que não gostou da postura do atleta, diante de sua tentativa de evitar polêmicas com o rival, em crise e muito ameaçado do rebaixamento no Brasileiro. Alheio às polêmicas de quem o inspira, Romarinho simplificou ao constatar o que de Emerson chama sua atenção. "Ele joga muito", completou o camisa 31.

Entre para a torcida virtual do Corinthians:

Leia tudo sobre: sheikromarinhofamaconversaexperientescorinthians

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG