Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Mourinho "comemora" queda de manchetes de jornais após gol de CR7

Técnico do Real Madrid destacou a atitude da equipe na virada conquistada diante do Manchester City,na estreia da Liga dos Campeões

EFE |

EFE

O técnico do Real Madrid, o português José Mourinho, destacou a atitude da sua equipe na vitória desta terça-feira por 3 a 2 contra o Manchester City , no estádio Santiago Bernabéu, e demonstrou publicamente sua alegria com o gol marcado por Cristiano Ronaldo, no fim do jogo, que deu a vitória ao Real.

Deixe o seu recado e comente esta notícia com outros torcedores

Reuters
José Mourinho (à dir.) abraça Roberto Mancini (à esq.) antes do duelo entre Real Madrid e Manchester City

"Pensei em todas as manchetes e crônicas que o gol de Cristiano apagou. Os jornais impressos não valiam mais e tiveram que mudar a capa. Sabia o que iria acontecer. Diriam que não escalei Sergio Ramos ou que deixei todos os meias no banco. Ou que apostei em Gonzalo Higuaín, que não faz gols em torneios continentais", declarou Mourinho, em tom de desforra.

Leia mais:  Cristiano Ronaldo marca no fim, e Real vira sobre o City em duelo eletrizante

O time madrilenho conquistou apenas quatro pontos em quatro rodadas no Campeonato Espanhol. O começo ruim de temporada em âmbito local fez com que o treinador mexesse no time. O zagueiro Sergio Ramos, por exemplo, ficou no banco de reservas e deu lugar ao jovem, em uma troca que, segundo o português, foi uma opção tática. "Achei melhor que não jogasse. É um jogador fantástico. Quero deixar bem claro que não há nenhum problema entre nós fora do campo, foi uma decisão técnica", explicou.

Confira ainda:  Cristiano Ronaldo elogia apresentação "muito boa" do Real contra o City

"Tive a impressão de que nada estava no lugar certo. O Real Madrid pode perder jogos como o de hoje, lutando como animais, mas não como os contra Getafe e Sevilla. Foi importante eles perceberem a sensação de que quando querem, podem", acrescentou. Depois do jogo válido pelo grupo D, foram divulgados nas redes sociais e em alguns sites imagens de Mourinho comemorando efusivamente o gol da vitória, marcado por Cristiano Ronaldo aos 44 minutos do segundo tempo.

"Não importa a comemoração. O que importa é o jogo. O modo que as pessoas que amam o futebol desfrutaram de tudo o que aconteceu. E, como treinador, o mais importante é ganhar e estar orgulhoso da minha equipe", destacou o técnico, que elogiou a postura do público no Bernabéu mesmo com o placar desfavorável aos donos da casa. "Disseram que algumas pessoas foram embora após o segundo gol deles, mas vi as pessoas muito comprometidas. Poderíamos perder, mas o time entendeu o compromisso com seus torcedores. Você pode ser derrotado, mas tem que lutar até o fim", encerrou.

Leia tudo sobre: josé mourinhoreal madridespanhafutebol mundial

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG