Desembargadora Teresa Cristina Gaulia deferiu efeito suspensivo para reduzir o direito de penhora do ex-atacante em relação a quatro jogadores do clube.

Ex-atacante Romário cobra dívida de R$ 60 milhões do Vasco
Futura Press
Ex-atacante Romário cobra dívida de R$ 60 milhões do Vasco

Ao mesmo tempo em que tenta viabilizar cerca de R$ 1,3 milhão para quitar dívida com a Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) e garantir o reabastecimento de água em São Januário, o Vasco obteve uma vitória judicial nesta quarta-feira. A desembargadora Teresa Cristina Gaulia deferiu efeito suspensivo para reduzir o direito de penhora do ex-atacante Romário em relação a quatro jogadores do clube.

Concorda com a decisão judicial a favor do Vasco? Deixe seu comentário

Em agosto, a Justiça Trabalhista havia dado ganho de causa a Romário na cobrança de uma dívida de R$ 60 milhões com a penhora de 5% dos direitos federativos de Dedé, Fellipe Bastos, Nilton e Éder Luis. Dessa forma, a determinada porcentagem seria direcionada ao deputado federal no momento em que qualquer um deles fosse vendido. A decisão desta quarta-feira não anula a anterior, mas ameniza os valores a serem pagos.

Os advogados de Romário já estudam o pedido de recurso, mas o Vasco garante ter outra carta na manga. O departamento jurídico do clube diz que possui ‘fortes indícios’ de fraude no contrato travado entre o ex-jogador e Eurico Miranda, antigo presidente do clube. Dessa forma, uma dívida de R$ 16 milhões de Romário em relação ao Vasco poderia ser trazida à baila caso haja insistência no processo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.