Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Thiago Silva marca e PSG goleia Dínamo de Kiev em dia de recorde de Ibrahimovic

Zagueiro estreou pelo novo clube com o pé direito e time francês fez 4 a 1 jogando em casa

Gazeta |

Getty Images
Thiago Silva estreou bem e já marcou

Com gols dos zagueiros brasileiros Thiago Silva, estreante da noite, e Alex, o PSG, sob os gritos de olé no Estádio Parque dos Príncipes, em Paris, goleou o Dínamo de Kiev, por 4 a 1, na noite desta terça-feira, pela primeira rodada do Grupo A da Liga dos Campeões da Europa. Com este resultado, os franceses assumiram a liderança da chave.

Ibrahimovic é o primeiro a marcar por seis times diferentes na Liga dos Campeões

No primeiro tempo, o PSG, com aproximados 58% de posse de bola, era totalmente superior e concentrava todo o jogo nas laterais de seu campo ofensivo, com Maxwell e Jallet, apoiados por Ménez, Pastore e Ibrahimovic. Logo aos 18 minutos, Ménez invadiu a área e foi derrubado por Mikhalik. Ibrahimovic cobrou no meio do gol e abriu o placar para os franceses.

Leia ainda: CR7 marca em virada eletrizante do Real sobre o City

Veja fotos das partidas que abriram a Liga dos Campeões 2012/2013

Atrás no placar, o Dínamo de Kiev resolveu se abrir, algo que, definitivamente, não deu certo. Pastore e Verratti saíam com muita velocidade nos contra-ataques e foi justamente desta forma que os parisienses chegaram a balançar as redes em mais duas oportunidades: com os zagueiros brasileiros Thiago Silva e Alex, que aproveitaram cobranças de escanteios.

Leia também:  Arsenal vira sobre o Montpellier em dois minutos e estreia com vitória na Liga

Sentindo muitas dificuldades para achar os espaços em campo, Raffael e Kranjcar, visivelmente os melhores jogadores, tecnicamente falando, do Dínamo de Kiev, estavam muito isolados e não conseguiam criar perigo. Exceto em um dos últimos lances da etapa inicial, quando o croata fez boa jogada individual e chutou para fora.

Já na segunda metade do jogo, a equipe mandante optou por administrar o bom resultado. Kranjcar e Miguel Veloso tentavam algo para o Dínamo de Kiev pela direita, mas a presença de Thiago Silva era a garantia para o goleiro Sirigu ter menos trabalho. Os franceses iam rodando a bola muito bem com todos os seus jogadores e ainda ouviam os gritos de "olé" das arquibancadas.

Milan fica no 0 a 0 contra o Anderlecht e não consegue dar fim à má fase

Mais lento e sem a mesma iniciativa de antes, o cauteloso time de Carlo Ancelotti, ainda sim, conseguia chegar com perigo pela lateral-direita, muito bem apoiada por Jallet, Ménez e Pastore. A entrada do zagueiro Betão, ex-Corinthians, deu mais consistência física ao sistema defensivo ucraniano, que parou de sofrer com as tabelinhas e jogadas aéreas parisienses.

Com o resultado já definido, o Dínamo de Kiev resolveu marcar o seu gol de honra aos 41 minutos: em cobrança de escanteio, o volante português Miguel Veloso se antecipou e cruzou para o segundo pau. A bola, no entanto, foi direta para o gol de Sirigu, diminuindo a vantagem dos franceses. Mesmo assim, a reação adversária parou por aí.

Isto porque, logo depois, Nenê, em velocidade, deu bom passe para Pastore, que arriscou de longe. O argentino contou com a colaboração de Koval, que aceitou o lance e viu a bola morrer no fundo de sua rede, fazendo o quarto gol parisiense. Nenê, no último lance do jogo, ainda teve ótima chance de deixar o seu, mas o placar seguiu inalterado.

Com esta vitória, o PSG chega à liderança do Grupo A, com três pontos. Na próxima rodada, os franceses irão encarar o Porto, no próximo dia 3 de outubro, no Estádio do Dragão, em Portugal. Já o Dínamo de Kiev ficou na última colocação, com nenhum tento. No entanto, os ucranianos terão a chance da reabilitação contra o Dínamo de Zagreb, no Estádio Olímpico, na Ucrânia.

No outro jogo desta chave, o Porto confirmou o seu favoritismo ao vencer o Dínamo de Zagreb, por 1 a 0, na Croácia. O meia argentino Lucho González, aos 41 minutos do primeiro tempo, e o volante belga Steve Defour, aos 45 do segundo, marcaram os gols da equipe portuguesa, que, nesta terça, não contou com o brasileiro Hulk, negociado com o Zenit, da Rússia.

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG