Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Ganso se irrita com recusa a oferta do São Paulo, e Grêmio não desiste

A diretoria santista não admite oficialmente, mas o fato de os são-paulinos terem se disposto a pagar o valor pretendido pelo clube em duas parcelas, foi um dos motivos para a recusa

iG São Paulo |

A recusa da última proposta feita pelo São Paulo junto ao Santos , para a sua contratação, deixou o meia Paulo Henrique Ganso bastante irritado. A situação, que ganhou contornos dramáticos nos últimos dias, e parecia estar perto de um desfecho quando o time do Morumbi aceitou desembolsar R$ 23,8 milhões pelos 45% dos direitos econômicos do jogador, deve ganhar novos capítulos e, talvez, ter a sua definição nesta terça-feira.

E MAIS: Atrás de Ganso, São Paulo relembra Pita para evitar um "novo Ricardinho"

A diretoria santista não admite oficialmente, mas o fato de os são-paulinos terem se disposto a pagar o valor pretendido pelo clube em duas parcelas, foi um dos motivos para a recusa. A equipe da capital pagaria cerca de R$ 19 milhões imediatamente e o restante da transferência seria depositado em janeiro do próximo ano. Os santistas querem receber a quantia integralmente.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros internautas

Além disso, o presidente do São Paulo, Juvenal Juvêncio, manteve conversas com Ganso por telefone, recentemente, o que não foi bem recebido pelo presidente do clube praiano, Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro. Juvenal teria recebido do atleta a garantia de que a sua intenção é se transferir para a equipe paulistana.

CONFIRA:  Santos volta a rejeitar proposta e barra Ganso no São Paulo

Divulgação
Ganso em treino do Santos: na mira do São Paulo

Fora todos esses fatores citados, Laor pretende dificultar ao extremo a ida de Paulo Henrique Ganso para o Morumbi, por duas razões. A primeira é que ele não gostaria de ver o meia atuando por um rival estadual e, por isso, havia sinalizado com a preferência para negociá-lo com o Grêmio. A segunda é a "queda-de-braço" que virou a sua relação com o camisa 10 nos últimos tempos.

Leia as últimas notícias sobre o meia Ganso no iG Esporte

Desta forma, o mandatário não pretende liberar Ganso, sem ouvir do próprio meio-campista que não aceitou a última oferta de reajuste salarial apresentada pelo Santos. O staff do atleta acredita que Luis Álvaro de Oliveira Ribeiro pretende forçar o meia a declarar que a sua vontade é seguir para o Tricolor Paulista. Paulo Henrique Ganso até pode ceder nesse aspecto, mas não pretende participar do encontro entre as partes, agendado para essa terça.

COPA SUL-AMERICANA:  São Paulo conhece rival das oitavas da Sul-Americana nesta terça

Se por um lado o São Paulo tem dificuldades para efetuar a transação e vê as próximas 24 horas como decisivas para a conclusão do negócio, os gremistas se animaram com a negativa apresentada pelo Peixe a última proposta são-paulina.

Com isso, o Tricolor Gaúcho tem uma reunião marcada com dirigentes santistas na manhã desta terça. Eduardo Antonini e Cristiano Keller serão os responsáveis por apresentarem a proposta do Grêmio para a contratação de Ganso. O clube aceita pagar os R$ 23,8 milhões e conta com a ajuda de investidores para acertar essa transferência, que poderia ser um forte trunfo eleitoral para o atual presidente, Paulo Odone, em sua campanha pela reeleição contra o oposicionista Fábio Koff.

Vale destacar ainda que Laor deve embarcar nesta terça com destino a Europa, provavelmente a França, em uma viagem de ordem pessoal. Sendo assim, caso o "martelo" sobre a venda de Paulo Henrique Ganso não seja batido nesta terça, Álvaro de Souza e Eduardo Vassimon, representantes do comitê gestor do clube, ficarão a frente do tema até a sua resolução.

Outro detalhe nessa negociação é que o prazo para novas inscrições no Campeonato Brasileiro se encerra nesta sexta. Ou seja, se Ganso não tiver o seu futuro definido até lá, o camisa 10 pode se ver obrigado a cumprir o seu contrato, válido até fevereiro de 2015, na Vila Belmiro. Atualmente, o meia está em tratamento no departamento médico santista, pois se recupera de uma lesão na coxa esquerda.

*Com Gazeta

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG