Tamanho do texto

Lateral corintiano afirmou que vivia expectativa antes da convocação e acredita que pode voltar a ser convocado, caso faça uma boa apresentação

Fábio Santos acredita que primeira convocação pode abrir novas portas
Mowa Press
Fábio Santos acredita que primeira convocação pode abrir novas portas

Aos 27 anos, o lateral esquerdo do Corinthians, Fábio Santos, recebeu a primeira convocação para a seleção brasileira principal. Às vésperas de vestir a camisa verde e amarela contra a Argentina, no Superclássico das Américas, o jogador se mostrou feliz e quer seguir sendo chamado por Mano Menezes.

Leia também:  Luis Fabiano volta à seleção e só pede tempo para fazer o que sabe

"Estou muito contente, é mais um sonho e um objetivo conquistado na minha carreira. Agora, o Mano vendo meu trabalho de perto. Fazendo um grande trabalho aqui, acredito que tenho chance de ter continuidade na seleção. Quem sabe?", indagou o corintiano, que confia na visibilidade e nos títulos no clube para ser lembrado pelo treinador.

Fábio Santos tem condições de defender a seleção principal? Deixe seu comentário!

Fábio acompanhou ao amistoso diante da China na companhia da esposa, vivendo a expectativa de poder ser convocado. Os jogadores que disputariam o Superclássico seriam anunciados por Mano Menezes na coletiva de imprensa após a partida.

"Já fiquei naquela ansiedade. Algumas pessoas haviam comentado que eu poderia estar na lista e, assim que escutei meu nome, a emoção foi fantástica. Fiquei muito feliz mesmo", lembrou.

Leia também:  Edu Gaspar repreende “indisciplina do malandro” Emerson contra Palmeiras

Com passagens pelas seleções de base, o lateral garantiu que o fato de ter 27 anos não muda sua felicidade e a vontade de defender a equipe no jogo contra a Argentina.

"Sendo jogador jovem ou não, a emoção de ser chamado para a Seleção é a mesma. Vou dar o meu máximo aqui para aproveitar bem. O complicado é ter essa oportunidade", sentenciou.

Fábio Santos briga pela vaga de titular com Carlinhos, do Fluminense. O Brasil enfrenta a Argentina nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Serra Dourada, em Goiânia.