Publicidade
Publicidade - Super banner
Futebol
enhanced by Google

Após derrota e tumultos, Tirone não aparece em evento no Palmeiras

Presidente da equipe era esperado para dar as boas vindas aos presentes em seminário na Nova Arena, mas nações falaram em seu lugar

Francisco De Laurentiis - iG São Paulo | - Atualizada às

Francisco De Laurentiis / iG São Paulo
Funcionário apaga pichação na sede do Palmeiras

Na manhã seguinte a um domingo de muita tristeza para o torcedor palmeirense, o presidente da equipe alviverde, Arnaldo Tirone, não deu as caras em seminário de negócios na Nova Arena, futuro estádio do clube. Tirone era esperado para dar as boas vindas a convidados e jornalistas presentes, mas não apareceu e foi representado pelos vices Edvaldo Frasson e Walter Munhoz.

Deixe seu recado e comente a notícia com outros torcedores

Apesar de ninguém conseguir explicar a ausência do presidente, Frasson não a relacionou com os atos de violência da torcida. "“Ninguém está se escondendo. É uma situação desagradável (o risco de revaixamento), mas o Palmeiras é grande e vai superar tudo isso”.

Perto do auditório onde acontecia o seminário, a loja oficial do Palmeiras amanheceu pichada: "Acabou a paz, vagabundos", dizia a pichação, que já foi apagada por funcionários do clube. Tudo por acusa da derrota no clássico contra o Corinthians, que deixou o time alviverde ainda mais afundado na zona do rebaixamento do Brasileirão.

Leia mais: Loja oficial do Palmeiras amanhece pichada: “Acabou a paz, vagabundos”

Durante a noite, o vice de futebol do Palmeiras, Roberto Frizzo, viu seu restaurante ser depredado por torcedores com os rosto cobertos após a partida no Pacaembu. No duelo contra o arquirival, Frizzo foi muito criticado e xingado por torcedores nas numeradas do estádio.

Veja também: Torcida destrói cadeiras do Pacaembu e Palmeiras deve perder mandos de campo

"Respeitamos a revolta da torcida e também estamos desapontados, mas toda violência deve ser repudiada. Estamos tristes e com união sairemos dessa situação", declarou Walter Munhoz.

Os jogadores do Palmeiras se reapresentam nesta terça-feira na Academia de Futebol. Em péssima situação na tabela do Brasileirão, o time campeão da Copa do Brasil ainda não sabe quem será seu treinador após a saída de Luiz Felipe Scolari, na semana passada. O interino Narciso, que comandou a equipe contra o Corinthians, não deve ser efetivado.

Entre para a torcida virtual do Palmeiras

Leia tudo sobre: palmeirasbrasileirão 2012rebaixamento

Notícias Relacionadas


    Mais destaques

    Destaques da home iG